Marca do Crea-PR para impressão

25° Fórum de Docentes bate recorde de público

20 de setembro de 2018, às 11h11


Imagem ilustrativa para 25° Fórum de Docentes bate recorde de público

Começou ontem (19), em Guarapuava, o 25º Fórum de Docentes do Crea-PR trazendo a temática: “Inovação no processo de ensino da Engenharia, Agronomia e Geociências. Com o objetivo de fomentar a discussão acerca de temas de interesse dos coordenadores e docentes de cursos afetos ao Sistema Confea/Crea, bem como da Comissão de Educação e Atribuição Profissional – Ceap – do Crea-Paraná, o evento teve na mesa de abertura a presença do Presidente do Crea-PR, Ricardo Rocha, da Conselheira Estadual e Coordenadora da Ceap, Professora e Mestre, Engenheira Civil Margolaine Giaquini, da Pró-Reitora do Centro Universitário Campo Real, Professora e Mestre, Patrícia Melhem Rosas, do Reitor da Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná, Professor Doutor Aldo Nelson Bona, e do Diretor Financeiro da Mútua-Paraná, Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea-PR, Engenheiro Mecânico Harlon Luna Ferreira. “No Crea-PR temos  a Missão de ‘Valorizar as profissões e seu exercício ético’.  E esse compromisso já nasce com o foco na formação desse futuro profissional. Somos fruto do que aprendemos, portanto, o que nossos futuros profissionais estão aprendendo? Como estão aprendendo? Nesses três dias de evento teremos a oportunidade de trocar ideias, experiências e ouvir opiniões de profissionais que estão focados no estudo da nova Educação, aliada à tecnologia. Uma frase de um de nossos palestrantes, o professor Marco Aurélio Cercal, dada para a nossa equipe de Comunicação, acredito ser um resumo das discussões que acontecerão aqui. “Big Data e a Ciência de Dados ocupará uma posição primordial na nova era da educação. Desta maneira, a questão não será apenas qual requinte tecnológico estamos empregando no processo educacional, e sim, qual qualidade de aplicação prática e significativa estamos produzindo a partir do uso da tecnologia”, destacou o Presidente do Crea-PR.

Na mesma linha, a coordenadora da Ceap, Margolaine Giacchini, aponta o Fórum como um diferencial do Conselho parananense em nível nacional. “Há mais de 25 anos nós estamos discutindo, trabalhando e pensando a educação, no ensino das Engenharias, Agronomia e Geociências. Tenho participado de algumas ações com Conselhos Regionais de outros estados do país e vejo que alguns estão começando com eventos como esse, visando unir o Conselho Profissional e as Instituições de Ensino. Enquanto isso, nós já estamos na 25ª edição, isso é um diferencial”, afirma.

O Presidente do Crea-PR destacou também o trabalho do Conselho do Paraná no desenvolvimento da Revista  Técnico-Científica. ‘”Durante o evento teremos o lançamento da 13ª edição de uma publicação que tem alcançado resultados surpreendentes como cerca de 100 mil acessos de leitura somente neste ano, totalizando 450 mil desde o lançamento do primeiro número. Aproveito para agradecer a todos os membros dos Conselhos Avaliador Científico e do Técnico, sem os quais o projeto da Revista não seria possível”.

Palestras

Na primeira noite do evento, a comunidade universitária acompanhou a palestra magna “Programa de Alta Performance Campo Real”, ministrada pelo Pró-Reitor de Planejamento e Administração do Centro Universitário Campo Real, Engenheiro Civil Adailton Marcelo Lehrer. O Programa é um serviço de inovação da instituição, que busca envolver os acadêmicos, no período vespertino, com cargas extras de conhecimento para fortalecer a formação da graduação e agregar saberes para além das aulas. Com a iniciativa, o Centro Universitário objetiva aprimorar nos alunos as habilidades de inovação e tecnologia, empreendedorismo, comunicação e expressão, gestão, técnica e social.

Na segunda palestra da noite, o presidente do Crea-BA, Engenheiro Civil Luis Edmundo Prado de Campos, abordou “Os desafios para os novos projetos pedagógicos de cursos de Engenharia diante do novo perfil de jovens estudantes”. Em sua fala, ele defendeu o professor como um facilitador do processo de aprendizagem. “O docente deve saber que os alunos de hoje são diferentes e é preciso entendê-los. Os alunos têm a expertise de manusear as novas tecnologias, o tempo de concentração deles é mais curto, eles gostam de novos desafios e têm um perfil voltado ao empreendedorismo. Portanto, é fundamental que tenham uma formação adequada a essas características, que entendam não somente de técnica, mas de como o mercado funciona”, diz.

O evento, que continua no dia de hoje (20/09), está apresentando também a segunda edição do Prêmio Melhores TCCs -Trabalhos de Conclusão de Cursos – do Estado. Este ano, foram avaliados mais de 100 trabalhos e os melhores estão expostos no Fórum por meio de banners. Também ocorrerá a apresentação oral dos sete melhores trabalhos eleitos pelo Colegiado de Instituições de Ensino, em parceria com o Colegiado de Entidades de Classe do Crea-PR.

Confira as fotos do evento

Compartilhe este conteúdo

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Marca do Crea-PR

Site do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) - 2018
www.crea-pr.org.br

Site desenvolvido com o CMS de código aberto WordPress e customizado por Assessoria de Comunicação Social do Crea-PR (ACS)

Voltar ao topo