Marca do Crea-PR para impressão

Crea-PR realiza fiscalizações de Natal por todo o Estado

3 de dezembro de 2018, às 11h34


Imagem ilustrativa para Crea-PR realiza fiscalizações de Natal por todo o Estado

Com o início do mês de Dezembro, as fiscalizações do Crea-PR em estruturas natalinas se intensificam.  O objetivo é checar in loco se elas estão em conformidade com os regulamentos legais e se estão sendo devidamente acompanhadas por profissionais habilitados, ou seja, Engenheiros Civis, Eletricistas ou Mecânicos.

O trabalho de averiguação das estruturas temporárias começou em Novembro.

De acordo com o Gerente da Regional Curitiba, Eng. Civ. Maurício Bassani, o trabalho dos Agentes fiscais é importantíssimo para garantir a segurança da sociedade nesta época do ano. “Os Agentes do Conselho verificam a existência de profissional qualificado responsável pelas instalações, assim como a Anotação de Responsabilidade Técnica – ART – dos serviços executados. Eles ainda conferem se as empresas contratadas possuem registro no órgão e habilitação para realizar as atividades para as quais foram contratadas. Em caso de irregularidade, o Crea-PR realiza a notificação aos responsáveis pela empresa, que deverão se adequar à legislação”, explica.

Mas as fiscalização do Crea-PR não se tratam somente de ações reativas, elas começam muito antes, desde o momento das licitações. O Conselho inicia este trabalho no momento da contratação das empresas que fazem decorações e estruturas por todo o Estado.  Normalmente estes contratos incluem a instalação e manutenção de enfeites, postes metálicos, estrutura metálica tipo letreiro, mangueiras luminosas, pisca-pisca, guirlandas, cascata de luz e bolas iluminadas, e isso requer um responsável técnico Engenheiro para desempenhar o serviço.

“Fazemos este acompanhamento todos os anos”, garante o Gerente da Regional Ponta Grossa, Eng. Agr. Vânder Della Coletta, ao frisar que as empresas vencedoras das licitações para as decorações não são da área de Engenharia, mas empresas que locam estruturas decorativas. “São empresas de locação, que ficam responsáveis pelas instalações e manutenções dos materiais. A parte da locação é comercial, mas como depende de instalação elétrica e envolve estrutura metálica, é exigido responsável técnico registrado junto ao Crea-PR. Elas terão, obrigatoriamente, que contratar uma empresa ou profissional da área de Engenharia Elétrica para responder tecnicamente pela instalação e manutenção das estruturas”, comenta o Gerente.

Bassani destaca que a autarquia tem como rotina fiscalizar todos os eventos públicos nos quais há o emprego de serviços de engenharia. “A fiscalização avalia a estrutura (projeto, instalação e montagem), a instalação elétrica (que envolve iluminação e sonorização) e ainda um plano de segurança e atendimento a pânico (acidentes e incêndios). Tudo para certificar e ampliar a segurança destes eventos”, finaliza.

Atenção em casa

Em relação à decoração de casas e pequenos comércios, o Engenheiro Eletricista Fernando Felice, Inspetor do Crea-PR, orienta, em primeiro lugar, a comprar produtos de iluminação com selo de certificação do Inmetro. Outro ponto importante é não usar adaptadores tipo “T” com vários equipamentos ligados.

“Toda instalação elétrica é projetada para uma certa carga e, muitas vezes, por desconhecimento, as pessoas colocam vários acessórios. Isso provoca uma sobrecarga, um superaquecimento na energia elétrica, o que pode provocar um curto-circuito, um incêndio ou um acidente mais grave ainda”, alerta.

Segundo o Engenheiro, usar luzes de LED (que além de consumirem muito menos energia, não esquentam) e isolar a fiação externa para que não molhe ou umedeça, são outros cuidados básicos indicados. Felice ainda orienta que todas as luzes sejam desligadas quando os moradores forem dormir para que, em caso de algum incidente, não ocorra uma tragédia. “Existem temporizadores bastante em conta no mercado. Desta forma, economiza-se energia e evitam-se incêndios”, finaliza.

Maringá Encantada recebe atenção especial dos Agentes Fiscais

Neste ano, Maringá contará com um dos maiores Natais do Estado. O evento intitulado “Maringá Encantada” acontece durante todo o mês de Dezembro e tem como uma das principais atrações os carros alegóricos.

Além dos carros, os fiscais do Crea também acompanham a construção da Casa do Papai Noel; instalação da estrutura metálica do pavilhão de artesanato; instalação do palco de apresentações; instalações elétricas de decorações, como das caixas de presentes, anjos, letreiros, iluminação do paço municipal, árvores de Natal e presépios;  som e iluminações do palco; instalações no Parque do Japão e iluminação decorativa nas árvores dos canteiros centrais de Maringá.

O secretário Municipal de Cultura, Miguel Fernando, está feliz com o andamento dos trabalhos. Ele diz que o profissional é importante para garantir a segurança nas estruturas que estão sendo montadas e documentalmente registradas com as respectivas ARTs – Anotação de Responsabilidade Técnica. Ainda de acordo com ele, são esperadas até dez mil pessoas por noite na praça Renato Celidônio. “Não tem como a gente ter um túnel de 80 metros de cumprimento com 176 mil microlâmpadas sem um profissional se responsabilizando pela estrutura”, afirma.

Compartilhe este conteúdo

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Marca do Crea-PR

Site do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) - 2018
www.crea-pr.org.br

Site desenvolvido com o CMS de código aberto WordPress e customizado por Assessoria de Comunicação Social do Crea-PR (ACS)

Voltar ao topo