Marca do Crea-PR para impressão

Crea-PR cria o GP de Ética

4 de dezembro de 2018, às 17h00


Imagem ilustrativa para Crea-PR cria o GP de Ética

O Grupo Permanente de Multiplicadores da Fiscalização e de Instrução de Processos Éticos – GP Ética, foi criado recentemente pelo Departamento de Fiscalização do Crea-PR – Defis – com a intenção de dar apoio à fiscalização na revisão de procedimentos, identificação e tratamento de processos de conduta ética.

Confira abaixo os membros do GP:

  • Armando Madalosso Vieira Filho (RPGO) – Coordenador
  • Christian Kanabushi Massago (RCSC)
  • Eduardo Horugel (RAPN)
  • Fábio Aguiar (RLDA)
  • Felipe Fontoura de Moraes (DEFIS)
  • Gilmar Pernoncini Ritter (RPBO)
  • Giorgio Tullio Cettina de Luca (RCTB)
  • Paulo Cesar Markovicz (DAT)
  • Rubens Galera Gonzales Júnior (RMGA)
  • Thyago Giroldo Nalim (RGUA)

Um dos participantes do GP, o Agente fiscal da Regional Cascavel, Eng. Civ. Christian Kanabushi Massago, comenta sobre como foi importante a criação do grupo para que os Agentes entendam como os processos administrativos funcionam do início ao fim. “O grupo, mesmo com este pouco tempo de interação, já vem nos trazendo frutos. No meu caso, por exemplo, após analisar alguns processos morais e de legislação com os participantes do GP, mudei a minha percepção sobre as infrações de maneira geral. Hoje em dia, tenho uma noção mais ampla de como tratar e de como são tratados os processos éticos, e penso que posso ajudar melhor o profissional registrado no Crea-PR”.

 

Objetivos específicos – linhas de trabalho

  1. Desenvolver os procedimentos de fiscalização e tratamento de processos de ética.
    • Apreciando as sugestões de melhoria dos funcionários;
    • Mantendo atualizados fluxos e modelos de boas práticas e estratégias na fiscalização de ética;
  2. Promover a melhoria contínua nos processos de ética elaborados.
    • Criando maneiras de dar feedback do andamento/ resultado ao fiscal que elaborou o RF, de modo que este tenha percepção mais ampla de seus acertos e seus erros;
    • Integrando, quando necessário, o fiscal que elaborou o processo na análise dos processo;
    • Analisando processos/protocolos abertos e, quando cabível, melhorando a instrução (através de diligências, ofícios, etc) para prover informações mais consistentes à comissão de ética;
    • Melhorando formas de acompanhamento dos casos identificados e ações tomadas;
  3. Auxiliar na identificação de novos casos de infração ética.
    • Sendo referência (apoio) para discutir previamente estratégias sobre os casos de ética;
    • Integrando procedimentos de todas as áreas do Crea-PR no que se refira à ética, melhorando a detecção de infrações ao código de ética;
    • Ampliando a percepção sobre o que seria considerado como uma infração ética por meio do feedback e apoio prévio aos fiscais, treinamentos, etc;
    • Monitorando casos de destaque na mídia.

 

Compartilhe este conteúdo

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Marca do Crea-PR

Site do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) - 2018
www.crea-pr.org.br

Site desenvolvido com o CMS de código aberto WordPress e customizado por Assessoria de Comunicação Social do Crea-PR (ACS)

Voltar ao topo