Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/03/cursos-convenios-e-muito-mais/>.
Acesso em 27/05/2024 às 12h23.

Convênios do Crea-PR com Instituições de Ensino dão desconto para profissionais registrados, funcionários e dependentes

Autarquia possui, atualmente, seis convênios firmados com instituições localizadas no estado

16 de março de 2023, às 16h11 - Tempo de leitura aproximado: 4 minutos

O Crea-PR tem como atividade-fim a fiscalização do exercício irregular da profissão, cujo objetivo é zelar pela integridade das profissões relacionadas a Engenharia, Agronomia e Geociências e, com isso, colaborar com a segurança da sociedade.

Entretanto, o Crea-PR vai além das obrigações para com o cidadão e, de forma constante, se empenha para fornecer ferramentas aprimorem ainda mais o conhecimento técnico dos seus profissionais registrados. Para tanto, firma convênios com Instituições de Ensino de forma a beneficiá-los com desconto em mensalidades e, consequentemente, troca de experiências, formação de networking e aperfeiçoamento da capacitação. “Esses convênios garantem percentuais de descontos variados para cursos de graduação, pós-graduação e, em alguns casos, cursos de extensão”, detalha Claudemir Prattes, gerente de Relações Institucionais do Crea-PR.

Atualmente, o Crea-PR possui seis convênios firmados com instituições localizadas no estado do Paraná. São elas: Complexo de Ensino Superior do Brasil (UniBrasil); Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR); Uninter Educacional; Instituto de Pós-graduação de Graduação (IPOG); Associação Franciscana de Ensino Senhor Bom Jesus (FAE) e Centro de Educação e Inovação Técnico Profissional (CEITEP). “É uma iniciativa importante de um Sistema que busca com orientação e educação, transformar o Paraná no estado mais comprometido com o aperfeiçoamento das profissões das Engenharias, Agronomia e Geociências”

Na UniBrasil, o profissional tem direito a 10% de desconto em mensalidades de cursos de extensão, graduação e pós-graduação nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. Na PUC-PR, o benefício é de 15% nos valores pagos mensalmente para cursos de graduação nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. A FAE concede benefício de 10% para cursos de graduação, na modalidade presencial, e pós-graduação (Lato Sensu), nas modalidades presencial, semipresencial e a distância. A Uninter, por sua vez, oferece 10% de desconto em cursos de graduação e pós-graduação nas modalidades presencial, semipresencial e a distância, com exceção de mestrado e doutorado. O IPOG também trabalha com o mesmo percentual de abatimento e, além de beneficiar estudantes de graduação e de especialização, tem em sua lista, cursos de curta duração. A condicional está atrelada à comprovação de registro no Conselho, por isso, é bom manter a Certidão de Registro em dia.

A instituição que concede o maior desconto é o CEITEP: 20% nas mensalidades de cursos de graduação. Oferece, ainda, 10% de desconto nas mensalidades de pós-graduação, extensão e cursos livres. Os estudantes que pagam pontualmente obtêm mais um agrado: 5% de desconto. Cônjuges e filhos de funcionários do Crea-PR também têm acesso a benefícios pelo CEITEP: o Colégio Vila Militar Feitep, que faz parte do grupo, e garante 15% de desconto para Ensino Fundamental e Médio.

Para Prattes, os convênios são importantes meios de propiciar aos profissionais o aperfeiçoamento desejado, colaborando para melhores oportunidades de emprego e aumento da qualidade curricular no estado. “Os profissionais do Paraná são referência no país porque temos a felicidade de possuir as melhores universidades. Um detalhe importante que precisa ser citado é que, caso o profissional já tenha a titulação, todos os benefícios elencados podem ser estendidos para os dependentes, ou seja, marido, esposa, companheiro (a), filhos e enteados”, complementa o gerente.

Para aproveitar qualquer um dos benefícios, basta entrar em contato com a instituição deseja e mencionar que tem conhecimento sobre o convênio.

Estudante desenvolve projeto que promove melhorias nas fiscalizações do Crea-PR

Quando falamos em convênio, também falamos de parcerias ensejadas pelo Crea-PR de forma a otimizar processos e melhorar resultados para atender às missões e objetivos da autarquia. O Crea-PR está em fase de firmamento de convênio com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR). Com ela, há um projeto em andamento que visa facilitar o processo de fiscalização das atividades de Engenharia, Agronomia e Geociências.

O projeto foi desenvolvido pelo Engenheiro da Computação Fabio Oliveira da Silva, recém-graduado pela Universidade Tecnológica do Paraná (UTFPR), por meio do trabalho de conclusão de curso intitulado “Inteligência de Negócios (Business Intelligence) como apoio às rotinas de fiscalização do Crea-PR”. O objetivo da pesquisa foi automatizar as rotinas de extração, transformação, carregamento e visualização de informações de empresas da base de dados pública do CNPJ e dos dados relevantes às rotinas de fiscalização feitas pelo CREA-PR. “O convênio surgiu de uma demanda latente advinda do Crea-PR da Regional Londrina. Após reuniões para alinhar as necessidades e expectativas, a parceria foi proposta e, então, o desenvolvimento do projeto foi iniciado”, conta o profissional.

O Crea-PR utiliza uma base de dados pública do CNPJ em seus processos de fiscalização de empresas e profissionais da área de Engenharia, Agronomia e Geociências. Durante o trabalho, Silva propôs a criação de um painel online interativo com gráficos e dados das empresas, que pode ser acessado por fiscais e gestores para tomada de decisões estratégicas. “Todas as partes saíram beneficiadas, pois a universidade carece dessa proximidade com o setor produtivo para proporcionar aos alunos maior vivência dos desafios existentes no mercado de trabalho. Do lado de lá, empresas se beneficiam com pesquisa e tecnologias de ponta para a resolução de seus problemas em um mercado cada vez mais competitivo”, finaliza Silva.


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *