Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/09/61371-2/>.
Acesso em 26/02/2024 às 19h00.

CINASE acontece na próxima semana com apoio do Crea-PR

28 de setembro de 2023, às 20h33 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

O Circuito Nacional do Setor Elétrico (Cinase) está prestes a retornar a Curitiba para sua 45ª edição, marcada para os dias 4 e 5 de outubro de 2023. Com o apoio do Crea-PR, o evento se destaca como um roadshow itinerante reconhecido nacionalmente.

Adolfo Vaiser, CEO do grupo O Setor Elétrico, responsável pelo Cinase, descreve o evento como uma iniciativa que busca unir toda a comunidade elétrica em uma troca de informações técnica e tendências de alta qualidade.

“O Cinase é composto de um congresso de dois dias, com mais ou menos 22 horas de conteúdo, reunindo toda a cadeia, toda a comunidade elétrica por onde ele passa. Ele tem um viés muito importante, desde a concessionária de energia, passando por entidades do setor, como apoiadores, indústrias, laboratórios, engenharias, até a distribuidora de material elétrico,” explicou Vaiser.

Embora seja um evento nacional, o Cinase tem um impacto regional significativo e oferece um espaço para networking e compartilhamento de conhecimento entre aproximadamente 1.000 a 1.300 profissionais técnicos do setor elétrico. O evento é dividido em dois dias com temas específicos: o primeiro dia é dedicado a questões energéticas, enquanto o segundo aborda instalações elétricas.

Entre os destaques do Cinase 2023 estão temas como transição energética, mobilidade elétrica, energias renováveis (com foco nas tendências do Paraná), operação e manutenção do sistema elétrico, redes subterrâneas, arco elétrico, painel elétrico, aterramento de linhas de distribuição e transmissão, subestações, proteção contra descargas atmosféricas e eficiência energética.

O evento conta com a participação de especialistas renomados, tanto da área de palestrantes quanto de convidados, incluindo representantes de instituições como a Copel, Lactec, universidades paranaenses e do próprio Crea-PR.

Vaiser ressaltou a importância de fornecer informações atualizadas, destacando que os palestrantes do Cinase são especialistas imersos no mundo das normas e tecnologias mais recentes do setor elétrico. A combinação desses especialistas com formadores de opinião permite que o evento traduza as normas e regulamentações em prática, proporcionando aos participantes uma visão completa do que está acontecendo no setor.

Além das palestras e debates, o Cinase oferece uma área de exposição com mais de 30 patrocinadores e 35 marcas, que apresentarão soluções, produtos e serviços de última geração. De acordo com o CO, a presença de empresas multinacionais e brasileiras, incluindo aquelas do próprio Paraná, promete enriquecer ainda mais a experiência dos participantes ao unir conhecimento, produtos e oportunidades de mercado.

Prêmio O Setor Elétrico

O Prêmio O Setor Elétrico, um reconhecimento anual que destaca projetos exemplares no campo da engenharia elétrica, está prestes a revelar seus vencedores na 45ª edição do Circuito Nacional do Setor Elétrico. O Prêmio, que também conta com o apoio do Crea-PR, busca identificar e divulgar práticas que contribuem significativamente para o aprimoramento do setor elétrico.

O professor da Universidade de São Paulo, Danilo de Sousa, coordenador técnico do Circuito Nacional do Setor Elétrico e do Prêmio, fala um pouco sobre a motivação para criação do prêmio.

“A principal motivação da criação do Prêmio surgiu da ideia de fazer um reconhecimento aos melhores projetos locais, melhores em que sentido? Criatividade, inovação, tecnologia, eficiência energética, concepção, multidisciplinaridade”, afirma Danilo.

Danilo reforça que o objetivo da premiação é promover projetos que se destacam em aspectos como segurança, recursos técnicos inovadores, automação para aumentar o conforto e a eficiência energética, acessibilidade e adaptação às mudanças climáticas.

As cinco categorias contempladas pelo Prêmio são: Instalações elétricas residenciais, comerciais, industriais, luminotécnico, energias renováveis, pesquisa e desenvolvimento e inovação tecnológica.

“O prêmio é bastante motivador no sentido de que, até um espaço para agradecimento do premiado, e o premiado normalmente fala da equipe, fala do que foi feito no projeto, de maneira que a gente já observou que ao fazer o projeto e receber o prêmio, há divulgação disso e a gente vai elaborar divulgação disso, há um impulsionamento para que essas técnicas continuem e aumentem nos próximos projetos”, completa Danilo.


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *