Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2024/01/crea-pr-cria-a-camara-especializada-de-engenharia-florestal/>.
Acesso em 12/04/2024 às 15h41.

Crea-PR cria a Câmara Especializada de Engenharia Florestal

24 de janeiro de 2024, às 17h33 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

Em um momento histórico para o Crea-PR, ocorreu na tarde da última terça-feira (23/01), na sede do Crea-PR, a solenidade oficial de criação da Câmara Especializada de Engenharia Florestal – CEEF, a sétima Câmara da autarquia.

O presidente do Crea-PR, Eng. Agr. Clodomir Ascari, assinou o documento que oficializou a Câmara na presença de representantes de Entidades de Classe, Instituições de Ensino e autoridades da engenharia florestal. Com a instalação da Câmara, a Plenária do Crea-PR passa a contar com cinco representantes desta modalidade.

Eleito coordenador da Câmara, o Eng. Ftal. Eleandro Brum ressalta que o Paraná é um dos maiores produtores de produtos florestais no Brasil. Segundo ele, o objetivo da Câmara é trabalhar para que o setor seja ocupado por profissionais qualificados, que realizem seu trabalho técnico dentro da legalidade exigida. 

“Queremos, por meio da Câmara e com o apoio das Entidades de Classe, mostrar à sociedade a importância da fiscalização, assegurando que esta seja atendida com os melhores produtos e serviços provenientes das atribuições de profissionais habilitados.”, explica Eleandro.

A vencedora do Prêmio Engenheira Enedina Marques, Eng. Flor. Yeda Maria Malheiros de Oliveira, esteve presente na solenidade representando a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa . “A nova Câmara fortalece ainda mais a profissão. Espero que os engenheiros florestais e os pesquisadores possam atuar em conjunto no fortalecimento da profissão, em prol da sociedade”, disse a engenheira.

A Presidente da Associação Paranaense de Engenheiros Florestais – APEF, Eng. Flor. Lella Bettega, destacou que a conquista é resultado de um esforço de longo dos anos. Segundo ela, dada a diversidade de áreas na engenharia, é importante ter uma representação oficial no Crea-PR.“A Câmara trará mais agilidade às fiscalizações, além de representatividade e reconhecimento à engenharia florestal”, ressaltou Lella.

Também participou da reunião o Eng. Flor. Reginaldo Rocha Filho, que é Coordenador Nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Florestal. Para ele, a criação da Câmara  beneficiará o setor. “A CEEF será mais um instrumento de defesa da qualidade técnica dos projetos a serem implantados na região, além de servir como meio para traçar diretrizes e sugerir o estabelecimento de novos parâmetros técnicos que visem melhorar a condução de atividades de projetos florestais, tecnológicos, ambientais e sociais próprios da Engenharia Florestal”.


Comentários

  1. Marco Ziliotto says:

    Com a implementação da CEEF a Engenharia Florestal voltará a ser “ percebida “ pela sociedade Paranaense possibilitando a valorização profissional dos Eng. Florestais , atraindo mais jovens para a profissão .

  2. Eng. Ftal. Manoel Francisco Moreira says:

    Finalmente. Parabéns aos que pelearam para que acontecesse e aos que aquiesceram!

  3. Robinson Sebastian Selner says:

    Que notícia excelente! Além de valorizar os florestaism, temos que evitar que profissinais não habilitados e pertencentes a outras modalidades assinem projetos e estudos que somente engenheiros florestais deveriam fazê-lo. Ressalto ainda que as habilitações relacionadas com o meio físico sejam melhor avaliadas. Afinal, atividades voltadas ao controle ambiental, erosão e drenagem rural e de áreas degradadas não deveriam ser limitadas à câmara da engenharia, como ocorre corriqueiramente, inclusive nos órgão ambientais. Parabéns aos envolvidos! Saudações florestais!

  4. Ana Marise Auer says:

    É histórica a data que cria a CEEF e, como disse a Presidente da APEF, uma necessidade de longa data. Viva a Engenharia Florestal!

  5. Sandro Andreani says:

    Parabéns ao Engenheiros Florestais do Paraná.
    Mais uma câmara..

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *