Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/12646>.
Acesso em 05/12/2021 às 12h02.

Crea-PR realiza Fórum de Acessibilidade em Ponta Grossa

19 de outubro de 2017, às 15h22 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) realizou na segunda-feira, dia 16, a edição local do Fórum de Acessibilidade, na Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa (AEAPG), que contou com a participação de mais de 60 pessoas entre profissionais, acadêmicos, representantes de entidades de assistência a pessoas com deficiência e outros interessados.

No evento foi realizada uma mesa redonda com a participação do coordenador da Comissão de Acessibilidade do Crea-PR, engenheiro mecânico Sérgio Yassuo Yamawaki, da conselheira engenheira civil Margolaine Giacchini, do presidente da AEAPG, engenheiro civil Diego Spinardi, do representante da Pró PcD, Noel Kostiuresko, do vereador Felipe Passos e dos representantes do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Ponta Grossa (Iplan), engenheiro civil Ciro Macedo Ribas Junior e arquiteta Jamile Salim. Todos falaram da questão da acessibilidade no âmbito onde atuam.

O engenheiro Sérgio Yamawaki reforçou “a necessidade de conjunção de esforços entre as entidades e o poder público municipal, visando o debate constante sobre a acessibilidade para que as cidades evoluam”.

Outros participantes falaram de alguns problemas de acessibilidade identificados na cidade e em outros lugares. O vereador Felipe Passos, que é cadeirante, comentou sobre os problemas de acessibilidade que estão em diversos países, citando como exemplo algumas cidades da Europa que teve a oportunidade de visitar. Ele falou também sobre os problemas que enfrenta no prédio da própria Câmara Municipal de Ponta Grossa, dificultando o acesso para a participação em suas atividades legislativas.

Noel Kostiuresko comentou sobre a falta de acessibilidade em algumas das principais ruas de Ponta Grossa, mas aproveitou também o momento para falar das melhorias já realizadas na principal via da cidade, Avenida Vicente Machado, que melhorou muito as condições de acesso para quem tem condições especiais de mobilidade.

O engenheiro Diego Spinardi comentou sobre a importância do tema no âmbito da AEAPG e da recente colaboração prestada a alguns vereadores no debate sobre a disponibilização de unidades habitacionais acessíveis em habitações coletivas.

O debate deste assunto está trazendo benefícios para os acadêmicos, profissionais e para a população. A engenheira Margolaine, professora das Faculdades Ponta Grossa, comentou que “o tema da acessibilidade vem ganhando cada vez mais espaço nos cursos de engenharia na atualidade, o que não ocorria anteriormente”, diz. Já a arquiteta Jamile Salim apresentou alguns projetos em andamento no Iplan para a adequação de calçadas, do prédio da Câmara de Vereadores e falou sobre o programa de acessibilidade nas linhas de ônibus do transporte público municipal.