Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/16385>.
Acesso em 10/07/2020 às 20h14.

Paranaense Mariangela Hungria se torna a primeira mulher a ser oradora da cerimônia do Confea

22 de agosto de 2018, às 12h12 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Durante a cerimônia de “Láurea ao Mérito”, momento em que são homenageados profissionais e empresas afetos ao Sistema Confea/Crea/Mútua, a Eng. Agr. Mariangela Hungria, uma das homanegeadas paranaenses da noite, foi chamada ao púlpito para fazer um discurso em nome dos homenageados, tornando-se a primeira mulher a discursar em uma cerimônia de homenagem do Confea.

Mariangela iniciou enfatizando a felicidade e a importância do momento. “É um sonho estar vivenciando isso. Quando criança, eu era fã das construções civis, principalmente a construção de Brasília, que teve como idealizador um ídolo meu, o Juscelino Kubitschek que, por acaso, foi o primeiro homenageado dessa Láurea. Quando fui indicada para essa cerimônia, não consegui acreditar, era o sonho de uma garotinha de cinco anos se realizando”, comentou Mariangela.

Mesmo ciente da força que as engenharias, agronomia e as geociências têm, e no currículo dos profissionais presentes, se sentiu impressionada com as biografias que pesquisou. “Estudando os colegas aqui ao meu lado para tentar me conectar um pouco mais com eles, fiquei encantada com as histórias e as conquistas. É um orgulho poder fazer parte do rol desses grandes engenheiros e engenheiras do Brasil”.

Mariangela também comentou a atual situação da profissão e foi esperançosa com relação à ela. “Nós engenheiros somos otimistas, visionários, e incansáveis. Construímos o Brasil e transformamos o país em potência mundial na agricultura. Temos a melhor profissão do mundo”, finalizou Mariângela.

 

Homenageados Paranaenses

A solenidade tem como foco a homenagem de profissionais e empresas que tiveram papel importante nas Engenharias, Agronomia e Geociências. Além da medalha para a Engenheira Agrônoma, Mariangela Hungria, o Paraná recebeu mais outras duas condecorações: a inscrição no Livro do Mérito,  concedida ao Geólogo João José Bigarella (1923-2016), e a Menção Honrosa do Confea, para a ITAIPU. Todas as condecorações foram entregues aos homenageados pelas mãos do Presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha de Oliveira.

 

 


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *