Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/1899>.
Acesso em 07/03/2021 às 21h50.

Coordenador da Câmara de Engenharia Civil abre semana acadêmica na UEPG

29 de outubro de 2015, às 18h44 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

Com o objetivo de aprimorar a formação acadêmica e profissional, por meio de debates e trocas de experiências, alunos, professores, pesquisadores e profissionais participam da Semana de Engenharia Civil 2015, promovida pelo Centro Acadêmico Valfrido Antônio Martins (CAVAM) do curso de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG).

Na abertura do evento, ontem (28), no Auditório de Engenharia Civil, o engenheiro civil Luiz Capraro, coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil (CEEC) do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (CREA-PR), falou sobre o tema ‘Vida profissional e o CREA-PR. Ele representou o presidente do CREA-PR, engenheiro civil Joel Krüger.

O presidente do CAVAM, Guilherme Berti, falou sobre a proposta da Semana Acadêmica de preparar os alunos para a realidade do mercado de trabalho e proporcionar uma formação complementar diferenciada. “O Centro Acadêmico está retomando uma tradição do curso de Engenharia Civil de promover uma semana voltada para a integração, formação e atualização dos acadêmicos”, disse, destacando a meta do CAVAM de dinamizar suas ações, a partir de um trabalho conjunto com o colegiado e o departamento de Engenharia Civil. No seu pronunciamento, prestou homenagem ao acadêmico Rafael Mercer, presidente da Engenium – Empresa Júnior de Engenharia Civil, que faleceu em trágico acidente no último mês de setembro.

Para o coordenador da Semana Acadêmica, professor Sérgio Luiz Schulz, a motivação dos alunos foi fundamental para a realização do evento que visa, justamente, colocá-los em contato com técnicas e procedimentos inovadores na Engenharia Civil, além de estarem conectados às demandas da sociedade. Nesse sentido, destacou a programação da semana que conta com palestras, mesa redondas, minicursos e visitas técnicas, com temas que estão em pauta no cenário da Engenharia Civil, a exemplo do planejamento urbano, usinas hidrelétricas, pontes estaiadas e a formação e atuação profissional.

As oportunidades ofertadas pelo Setor de Ciências Agrárias e de Tecnologia (Scate) foram destacadas pela diretora do setor, Maria Salete Marcon Gomes Vaz. Com sete cursos; sete departamentos; seis cursos de mestrado e dois doutorados, o Scate reúne, atualmente, 1,6 mil alunos e 150 professores. “O curso de Engenharia Civil se insere neste contexto, com um quadro docente altamente qualificado e competente no desenvolvimento de projetos de pesquisa e de extensão, com participação ativa dos alunos”, disse, destacando, entre tais iniciativas, a criação do Mestrado em Engenharia Sanitária e Ambiental e a fundação da Empresa Júnior de Engenharia Civil – Engenium, além de convênios que abrem espaço para intercâmbios internacionais e desenvolvimentos de pesquisas em conceituadas empresas.

A retomada, pelo Centro Acadêmico, da realização da Semana de Engenharia Civil, uma tradição do curso que deixou de acontecer nos últimos anos, foi elogiada pelo reitor Carlos Luciano Sant’Anna Vargas. “É importante que os alunos se mobilizem e cobrem dos professores, do colegiado de curso e do departamento o apoio na organização dessa semana e também de outras atividades desenvolvidas ao longo do ano”. Disse que a Semana de Engenharia se constitui em espação de intercâmbio, de conversas que vão além do conteúdo ministrado em sala de aula.

Também falando sobre os avanços obtidos pelo curso nos últimos anos, comentou que, atualmente, os alunos têm a opção de seguir a carreira profissional nos mais diversos ramos da engenhariam, assim como continuar no meio acadêmico, dando prosseguimento aos seus estudos e pesquisas na pós-graduação. “A partir destas conquistas termos a certeza de que vamos atingir um novo patamar nas avaliações do Ministérios da Educação e outros rankings do ensino superior”, completou o reitor, observando que essa evolução resulta do trabalho de professores e servidores e do empenho dos alunos que sempre se mostram motivados a novos desafios.

A programação da Semana de Engenharia Civil segue nesta quinta-feira, com a realização de uma mesa redonda sobre Planejamento Urbano, às 9 horas no Auditório do Bloco E. Para o período da tarde, estão programadas as palestras sobre Usinas Hidrelétricas e Pontes Estaiadas. Na sexta-feira, serão duas palestras: às 8h, sobre o Sistema BIM; e às 10h10, sobre Recuperação de torres de telefonia. À tarde, os participantes fazem a visita técnica obras em andamento em Ponta Grossa.

Durante a solenidade de abertura, a organização da Semana de Engenharia Civil premiou o acadêmico Renan William Preis, vencedor do concurso para escolha da logomarca do evento.

(Assessoria de Comunicação da UEPG)


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *