Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/20339>.
Acesso em 24/06/2021 às 00h10.

Engenheiro Agrônomo Álvaro Cabrini fala sobre novo Plano de Governo no Crea-PR

28 de novembro de 2018, às 18h41 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

O Presidente de Gestão Anterior do Crea-PR (2006-2011), Eng. Agr. Álvaro Cabrini Jr.,  que está participando da equipe de transição do Governo do Estado, do Governador eleito Carlos Roberto Massa, participou, nas duas últimas semanas no Crea-PR, de reuniões das Coordenadorias das Câmaras Especializadas de Civil e de Agronomia e do Grupo de Trabalho do Paraná.

Recebido com reverência pelos profissionais e empresários participantes das reuniões, devido ao histórico da excelente Gestão que realizou frente à autarquia paranaense, demonstrando ampla visão estratégica na condução de ações de planejamento, Cabrini, que lidera a estruturação do Plano de Governo do Estado do Paraná, Gestão 2019-2022, falou sobre as ações contempladas no Plano que envolvem as Engenharias, Agronomia e Geociências. “Além da gestão do Cabrini ser referência, é unânime o reconhecimento dele por todos os públicos que formam o Sistema Confea/Crea”, ressaltou o Presidente do Crea-PR, Engenheiro Civil Ricardo Rocha.

Engenheiro Civil Edson José de Vasconcelos Foto: CGN

O Presidente da Associação Comercial e Industrial de Cascavel – ACIC, e ex-presidente do Sinduscon-PR/Oeste, Engenheiro Civil Edson José de Vasconcelos, confirmou as palavras do Presidente do Crea-PR. “A visão que o Presidente de Gestão anterior do Crea-PR está trazendo para este Plano de Governo é uma “luz no fim do túnel” para o Estado. “Quem conhece o Cabrini, sabe que ele tem uma grande expertise para Gestão e Planejamento. Em diversas conversas com as associações de empresários, comentamos que ele é a ‘saída’ que a infraestrutura do Paraná tanto precisava para voltar a crescer”, comenta Vasconcelos.

Cabrini ressalta que o Plano demorou praticamente dois anos para ser concluído, e que ele veio trabalhando nele desde quando atuou na Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Governo anterior. “Neste projeto, demos ênfase à questão técnica através da participação de 500 profissionais da mais diferentes áreas como médicos, engenheiros e advogados. Durante a elaboração, paramos para ouvir os anseios da população com objetivo de diagnosticar problemas e criar um plano que fosse dividido em curto, médio, e longo prazo”, comentou o Engenheiro Agrônomo.

 

Cabrini presente junto ao Presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha, o Coordenador da Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia Civil – CCEEC, Eng. Civ Carlos Eduardo Domingues e Silva, e o Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Civil, Eng. Civ. José Carlos Jesus, na Reunião Extraordinária da CCEEC.

Para essa proposta de estruturação, o ex-presidente comenta como foi de suma importância sua vivência no Crea-PR. “Nos meus seis anos como auxiliar do Presidente Eng. Agr. Luiz Antônio Rossafa, e mais seis como Presidente do Crea-PR, tive a oportunidade de trabalhar com gestão e planejamento com foco, principalmente, nos pequenos centros. Nos concentramos nas regiões que formam as Inspetorias do Crea-PR e trabalhamos na potencialidade de cada uma, com foco na questão agronômica, que é forte aqui no Paraná. Neste novo Governo, também queremos desenvolver todas as áreas do Paraná em seus respectivos segmentos, como fizemos no Conselho”, enfatiza Cabrini.

GT Empresarial

Eng. Agr. Álvaro Cabrini presente no GT Empresarial

Nos dois dias que esteve no Crea-PR, Cabrini participou também da reunião do Grupo de Trabalho Empresarial. “Junto aos membros do GT pude entender como estão os anseios das Engenharias e da comunidade empresarial, e passar para eles algumas ações que envolverão as Engenharias, Agronomia e Geociências. Enfatizei que o Plano do Governo pretende avaliar não só o crescimento econômico, mas o sustentável também”, salientou Cabrini.

O Presidente de Gestão Anterior do Crea-PR destacou o foco do Plano em questões da energia, saneamento, e logística. “Mas as propostas não param por aí, o desenvolvimento que foi apresentado vai muito além. Há a questão do desenvolvimento urbano, do projeto Agronômico, que está sendo coordenado pelo Eng. Agr. Eugênio Stefanelo, da inovação, entre outras. Existe uma avenida de oportunidades profissionais que irão se abrir com a vinda deste novo Governo, pois o mesmo estará incessantemente em busca de soluções para os problemas sociais”, finalizou Cabrini.

 

Confira fotos do Gestor de transição Álvaro Cabrini nas reuniões:


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *