Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/23885>.
Acesso em 22/09/2020 às 08h23.

Último dia do CP é marcado pelo lançamento da Frente Parlamentar no Sergipe

15 de junho de 2019, às 11h36 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

O último dia de reunião do Colégio de Presidentes – CP – dos Creas, evento que acontece em Aracaju/SE, teve como como principais assuntos os informes das gerências do Confea sobre convênios, cadastro nacional de ARTs, o lançamento da Frente Parlamentar no estado de Sergipe e a palestra do Presidente da  Associação Brasileira de Normas Técnica – ABNT.

Antes dos debates terem início, o Presidente do Confea, Eng. Civ. Joel Krüger, realizou a abertura do terceiro dia de reuniões com um discurso repudiando o Projeto de Lei 3.451/2019, de autoria do deputado federal Ubiratan Sanderson (PSL-RS), que tem como objetivo revogar a lei 4950-A/1966, que instituiu o salário mínimo profissional para Engenheiros, arquitetos, médicos veterinários e químicos.

Após a fala do Engenheiro Joel, iniciaram-se os debates referentes as pautas do dia, com grande ênfase nos convênios, principalmente com a Associação Brasileira de Normas Técnica – ABNT. Foram realizados pelos Presidentes de Creas diversos questionamentos ao Presidente da Entidade, Mario William Esper, que horas depois, realizou uma palestra respondendo estes questionamentos.

Seguindo os itens da pauta do dia, houve a solenidade de lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Engenharia, Infra-estrutura e Desenvolvimento do Estado do Sergipe, com a participação das autoridades do Sistema Confea/Crea e Mútua e os Deputados Zezinho Sobral (PODEMOS), Maria Mendonça (PSDB), Jeferson Andrade (PSD), Luciano Pimentel (PSB), Samuel Carvalho (PPS), Goretti Reis (PSD), o suplente do Senador Alessandro Vieira (PPS), Fernando Carvalho, Adailton Martins (PSD) e o Presidente da Frente, o Deputado pelo MDB, Eng. Luiz Garibalde Mendonça.

O coletivo de deputados e engenheiros, que vem sendo instalado em todos os estados da união pelo Confea, tem como objetivo acompanhar a política governamental, os projetos e os programas direcionados ao desenvolvimento do estado no tocante a construção civil e ao agronegócio, manifestando-se quanto aos seus anseios. “Nós, deputados e senadores, somos os maiores interessados neste convênio com o Sistema Confea/Crea. Articularemos com o Executivo, Judiciário e Ministério Público para que sejam fomentadas ações que priorizem o desenvolvimento do país e a defesa das Engenharias e Geociências, sempre atendendo os interesses da população. Teremos como foco a promoção de encontros, debates, seminários, eventos e etc que tenham como tema essa questão da defesa da engenharia e fomento da infraestrutura e do desenvolvimento”, comenta o Presidente Luiz Mendonça em sua fala de abertura.

Encerrando a inauguração da Frente, o Engenheiro também enfatizou as inovações que serão buscadas pela mesma. “Queremos aprimorar e propor inovações na legislação vigente voltada especificamente ao tema, agindo junto às comissões temáticas da assembleia legislativa. Vamos trabalhar para aumentar a efetividade das políticas, programas e mecanismos existentes e, quando necessário, desenvolver ou sugerir adoção de outros mais apropriados ao desenvolvimento do estado”, explana Luiz.

ABNT

Após uma série de questionamentos, o Presidente da Associação Brasileira de Normas Técnica – ABNT, Eng. Civ. Mario William Esper, realizou uma palestra dando um panorama do órgão, explicando algumas ações e deveres do convênio.

Saiba mais sobre a palestra.

Relações institucionais e tecnologia da informação

Este momento foi dedicado a informes provenientes das Gerências do Confea e da superintendência do Conselho Federal. A Eng. Eletric. Fabyola Resende, Gerente de Relações Institucionais do Confea, anunciou que todas as normas de Acessibilidade – um total de 485 páginas – estão compiladas e à disposição de todos os profissionais num aplicativo que pode ser baixado em tablets ou celulares.“Essas normas já são oferecidas gratuitamente, mas a vantagem desse aplicativo é reunir todas, facilitando a consulta”, informou. O aplicativo já está disponível aos Creas.

Na sequência, Renato Barros, superintendente de Estratégia e Gestão (SEG), informou que mais de três milhões de Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) foram emitidas este ano em todo o país, segundo as informações integradas enviadas pelos Creas, além de outros informes.

Saiba dessas e de outras pautas abordadas aqui.

 

Colaboração: Confea

Dia 01 do CP

Dia 02 do CP

Confira as fotos do evento

 


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *