Marca do Crea-PR para impressão
https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/24858

Seminário Responsabilidades do Profissional na Prescrição do Receituário Agronômico dia 07/08 em Toledo

6 de agosto de 2019, às 11h02


O número de casos intoxicação por agroquímicos no Brasil dobrou em dez anos. Segundo dados do Ministério da Saúde divulgados no último mês de abril, em 2007, 1.534 pessoas tiveram intoxicação. Em 2017, o número subiu para 3.059. Nesse período, 41 mil pessoas foram expostas aos defensivos agrícolas e 28 mil sofreram envenenamento. O Paraná é o primeiro Estado no ranking, com 4.785 notificações por intoxicação confirmadas e 347 óbitos. A população mais suscetível é a de trabalhadores agrícolas, que enfrenta os riscos da exposição direta.

Para evitar casos de contaminação, o receituário emitido por um profissional habilitado é extremamente importante. O Engenheiro Agrônomo e Conselheiro do Crea-PR, Adalberto Telesca Barbosa, diz que para o produtor comprar de forma legal os agroquímicos, ele deve buscar sempre um profissional habilitado (técnico agrícola ou engenheiro agrônomo) e seguir o receituário. “Antes de emitir o receituário, esse profissional realiza um minucioso diagnóstico preliminar da área a ser coberta, do agroquímico ideal e da quantidade certa a ser aplicada, só então ele emite o receituário que deve ser seguido à risca pelos produtores para evitar contaminação”, explica.

O debate entre os profissionais também contribui para diminuir os riscos de contaminação. Por isso, para tratar da “Responsabilidades do Profissional na Prescrição do Receituário Agronômico”, o Crea-PR e a Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar) promovem nesta quarta-feira (7), em Toledo, mais um seminário sobre o tema. Este é o oitavo evento realizado no Estado desde o início do ano. Até o momento, participaram 492 profissionais nas cidades de Ponta Grossa, Lapa, Ivaiporã, Guarapuava, Francisco Beltrão, Cornélio Procópio e Francisco Beltrão. A expectativa é que, em Toledo, participem outros 80 profissionais do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná da região de Cascavel.

O Crea-PR fiscaliza o exercício profissional e a emissão dos receituários. Cabe à Adapar a fiscalização da comercialização dos agroquímicos. Nestes seminários, o objetivo do Crea-PR é buscar a qualificação dos Engenheiros Agrônomos que realizam as prescrições. “Esse evento é importante para o aprimoramento do receituário, uma vez que os agroquímicos, a cada ano, passam por alterações”, diz Adalberto Barbosa.

O Engenheiro Agrônomo diz ainda que o Paraná, desde a década de 1980, tem feito um trabalho bastante rigoroso na fiscalização da comercialização dos agroquímicos. Em dezembro de 2018, em uma resolução conjunta entre a Secretaria de Meio Ambiente, Instituto Ambiental do Paraná (IAP), Secretaria da Agricultura e Agência de Defesa Agropecuária do Paraná, o Governo do Estado atualizou as normas sobre o uso e manejo de agroquímicos. O documento assinado no dia 12 de dezembro está em vigor. A Resolução revogada previa, por exemplo, que os produtores deveriam enterrar embalagens de agroquímicos, o que atualmente é proibido. A normativa extinta tinha orientações sobre o uso desses produtos relacionadas apenas à distância entre as lavouras, e não quanto às propriedades do produto.

O diretor-presidente da Adapar, Inácio Kroetz, afirma que as novas regras contribuem para o bom funcionamento do trabalho dos órgãos de acompanhamento e fiscalização do uso de agroquímicos no Paraná. “O que a nova resolução faz é modernizar, retirando de vigor algumas regras que já não correspondem à realidade do Estado e práticas atualmente não permitidas”, afirma. As normativas do Estado não ferem a legislação federal e estadual, nem outras regras que regem o uso de agroquímicos. O Paraná é o segundo maior produtor de alimentos do Brasil e, diretamente, o segundo maior consumidor de insumos no País, entre eles, os defensivos agrícolas.

O Seminário ocorre no Auditório da PUC (Av. União, 500) – a partir das 08h30. A emissão dos receituários com informações sobre o uso de agrotóxicos na produção de alimentos é o principal tema em debate. As inscrições podem ser realizadas pelo link: http://bit.ly/InscricoesCreaPR

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Voltar ao topo