Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/30362>.
Acesso em 05/03/2021 às 00h33.

Crea-PR se mobiliza no combate à pandemia da Covid-19 e lança parecer técnico que indica atuação de profissionais em planos de contingência

As Câmaras Especializadas do Conselho listaram as áreas em que esses profissionais podem atuar

7 de abril de 2020, às 19h08 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

O momento pede solidariedade e trabalho pela construção dessa nova realidade que vai se apresentando a cada dia para cada um de nós. Pensando nessa necessidade, as Câmaras Especializadas do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) se mobilizaram para elaborar uma proposta de ação, com a que contempla a participação efetiva das engenharias nesse momento de pandemia da Covid-19.

O parecer técnico publicado pelo Conselho indica profissionais do Sistema Confea/Crea para atuação nos planos de contingência da Covid-19, complementares aos planos Nacional e Estadual de combate ao Coronavírus. O Conselho tomou a iniciativa após analisar os planos e identificar que tratavam especificamente de orientações para profissionais da área de saúde, sem uma abordagem para a efetiva participação de engenheiros, geógrafos e agrimensores.

O parecer técnico do Crea orienta o perfil de cada profissional de acordo com a demanda do plano de contingência, com a indicação de engenheiros civis, por exemplo, para a tarefa de construção e manutenção de edificações, instalação e manutenção de equipamentos.
Na cidade de São Paulo, onde estão sendo construídos hospitais de campanha no estádio do Pacaembu, observa-se a necessidade de participação direta de profissionais do Sistema Confea/Crea, Engenheiros Civis, Engenheiros Eletricistas, Engenheiros Mecânicos, Engenheiros de Segurança do Trabalho, entre outros.

De acordo com o Conselho, “a situação atual está fazendo com que ocorra maior participação desses profissionais, principalmente na aplicação de tecnologias novas e de outras que estão sendo desenvolvidas para atendimento às necessidades que a pandemia da Covid-19 tem ocasionado.” Projetos para fabricação de respiradores artificiais com impressoras 3D; estudo, projeto e fabricação de máscaras em ABS (um tipo de plástico), e adaptação de equipamentos médico-hospitalares existentes, transformando-os em equipamentos necessários para o momento atual são alguns exemplos.

Com esse olhar para a participação e colaboração efetiva de engenheiros nesse momento de crise mundial, as Assessorias Técnicas das Câmaras Especializadas do Crea-PR indicaram áreas em que profissionais podem atuar.

Conheça o documento e as formas de atuação das engenharias aqui .

 

Denise Morini

Assessora de Imprensa do Crea-PR / Regional Curitiba


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *