Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/30562>.
Acesso em 07/03/2021 às 17h44.

Manutenção de elevadores e a pandemia

Confira o artigo assinado pelo Coordenador da Câmara Especializada de Engenharia Mecânica e Metalúrgica do Crea-PR, Eng. Mec. e de Seg. Trab. Douglas Moeller Diener

1 de abril de 2020, às 15h33 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

Eng. Mec. Douglas Diener.

O elevador é um meio de transporte imprescindível em todos cantos do mundo. E em tempos de coronavírus, esses equipamentos também precisam funcionar perfeitamente e com toda segurança.

Desta forma e além de toda higienização e cuidados operacionais recomendados, a manutenção tanto preventiva como corretiva destes equipamentos deve continuar sendo feita, não podendo ser negligenciada e nem postergada.

O CREA-PR, através da sua Câmara Especializada de Engenheira Mecânica e Metalúrgica (CEEMM), e em função da COVID-19, sugere algumas recomendações que sejam adotadas pelos profissionais engenheiros e empresas que fazem manutenção nestes equipamentos de transporte vertical, para prevenção do risco de contágio, complementares às orientações das autoridades competentes:

  • Restringir as atividades de manutenção preventiva àquelas em que o técnico não possui contato com os usuários;
  • Postergar, se possível, as atividades de limpeza do poço e da casa de máquinas, ou a remoção de produtos e peças antigas que estejam nestes locais;
  • Antes de iniciar as atividades em um pavimento providenciar a abertura das janelas e portas, se existentes, para melhorar a ventilação e renovação de ar no local;
  • Realizar atividades com o menor número possível, preferencialmente desacompanhado (sozinho);
  • EPI (Equipamento de Proteção Individual) dos trabalhadores devidamente higienizados: uniforme calça e camisa manga longa, crachá de identificação, boné casquete ou capacete, óculos de proteção, luvas, protetor auricular, calçado de segurança e máscara de pó;
  • Disponibilizar lavatório para o trabalhador, antes e após os serviços;
  • Promover o isolamento dos locais com barreiras, atendendo o distanciamento social recomendados pelas autoridades;
  • Uso dos elevadores de forma individual, se possível;
  • Evitar realizar atividades no interior da cabina, nos pavimentos e no poço dos elevadores;
  • Entrega e recebimento da chave da casa de máquinas utilizando álcool gel para higienização;
  • Entrega de documentos e comprovantes dos serviços por meio eletrônico, evitar assinaturas em formulários de papel durante as atividades;
  • Deslocamento dos técnicos individual através de veículo próprio da empresa, ou transporte individual (táxi, aplicativo). Evitar transporte coletivo;
  • Higienize as ferramentas utilizadas antes de guarda-las;

Outras medidas preventivas deverão ser adotadas baseadas nas configurações do local / equipamento e principalmente na experiência pessoal de cada um.

Todo serviço de manutenção em elevadores deve ser realizada por empresa devidamente registrada no CREA-PR e supervisionada por profissional habilitado também registrado no CREA-PR, com a emissão da respectiva ART – Anotação de Responsabilidade Técnica.

 

Douglas Moeller Diener

Engenheiro Mecânico e de Seg. do Trabalho e Conselheiro do Crea-PR


Comentários

  1. Estimado colega, hoje amigo, Douglas Moeller Diener, parabéns pelo importante trabalho. Sabemos que a preventiva (prevenção) tem seu significativo valor em nossa profissão, principalmente, nos dias de hoje, em nossas vidas.

  2. Araquem Henrique Cesar disse:

    Muito bom , esta regulamentação vai ser util pra sempre e vai previnir e evitar outras doenças ,parabéns , cada um fazendo sua parte evoluimos e teremos um mundo melhor .

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *