Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/3255>.
Acesso em 19/09/2021 às 02h33.

Campo Fácil garante atendimento e assessoria profissional para pequenos produtores de Ubiratã

31 de março de 2015, às 18h57 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

O Convênio Campo Fácil firmado entre a Administração Caminhando para o Futuro, CREA-PR e Associação dos Engenheiros Agrônomos do Vale do Piquiri, vêm garantindo atendimento e assessoria profissional e de qualidade para os pequenos produtores rurais do município, possibilitando assim, a organização e articulação de ações diversas de apoio e assistência a agricultura familiar (2.130 agricultores com até 50 ha) em um projeto integrado de desenvolvimento de pequenos negócios no campo, visto o potencial e a importância da agricultura familiar para o desenvolvimento local.

Com a integração de ações em vetores essenciais das necessidades dos pequenos produtores do município, o público-alvo vem sendo extremamente beneficiado, começando pela oferta de assistência técnica especializada, aliada a oferta de mecanismos, insumos e ações para o manejo e fertilidade do solo, o que vem fazendo com que se produza mais e melhor. A disponibilização de infraestrutura de transporte, privilegiando o escoamento da produção e o fácil acesso a cidade, onde os produtos são comercializados, assim como, o acesso a um dos bens fundamentais na cadeia de produção, a água, em quantidade e qualidade, tanto para o consumo humano, quanto para a utilização na produção.

Ubiratã possui mais de 500 agricultores familiares, que cultivam basicamente as grandes culturas (soja, milho verão, milho safrinha e trigo). E também em menor escala olericultura, fruticultura e bovinos (gado de leite) e muitos desses produtores possuem baixa capacidade de investimento. De acordo com as análises de solo, há a necessidade, principalmente de fósforo em reformas e implantação de pastagens, áreas olerículas e outras culturas.

(Assessoria de Comunicação Social de Ubiratã)


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *