Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/328>.
Acesso em 27/09/2020 às 17h00.

Instrução prevê regularização de obras

18 de março de 2011, às 14h26 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

Capa do manual de regularização de obrasO CREA-PR aprovou a Instrução de Serviço 02/2011, inserida no Manual de Regularização de Obra do CREA-PR e que estabelece os procedimentos para regularização de obra. Com as alterações implantadas, os profissionais certificados pelo Programa de Excelência em Projetos e Execução de Edificações terão seus processos de regularização de obras aprovados automaticamente pelo Conselho. Normalmente, projetos voltados à regularização de obras levam cerca de um mês para ser analisados pelo Conselho.
“Esta nova instrução é resultado da credibilidade e valorização que o CREA-PR deposita nos profissionais certificados pelo Programa”, explica o
administrador Claudemir Prattes, coordenador do Programa. A determinação está alinhada a um procedimento que está sendo implantado no município de Foz do Iguaçu. Lá, os projetos arquitetônicos para a liberação de alvarás efetuados por profissionais participantes do Programa de Excelência não serão mais analisados pela Prefeitura Municipal, prova do reconhecimento e da valorização profissional conferida a quem adere a esta iniciativa do CREA-PR.
O Programa de Excelência é uma ferramenta desenvolvida pelo Conselho para certificar a qualidade de profissionais que executam projetos de edificações referente à legislação e aos conceitos de excelência estabelecidos pelo programa. Sai ganhando o profissional, que passa a ter seu trabalho reconhecido e certificado pelo CREA-PR, além da redução de entraves burocráticos e também o contratante, que tem a garantia de contar com um serviço diferenciado e de extrema qualidade.
Mais detalhes do programa no site www.crea-pr.org.br. O Manual de Regularização de Obras pode ser conhecido no link PUBLICAÇÕES do site.


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *