Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/3414>.
Acesso em 10/07/2020 às 22h48.

CREA-PR representado em reunião da CCEEST

28 de maio de 2015, às 18h56 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

A Coordenadoria Nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia de Segurança do Trabalho do Sistema Confea/Crea realizou, de 11 a 13 de maio, na sede da Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santos (AEAS), a sua segunda reunião ordinária de 2015, visando dar continuidade ao atendimento do programa de trabalho para o ano, apresentado na primeira reunião nacional, realizada em fevereiro, em Brasília. O CREA-PR esteve representado pelo coordenador da CEEST, engenheiro mecânico e de segurança do trabalho, Douglas Moeller Diener.

As principais metas da Coordenadoria Nacional são a participação da CCEEST nas decisões da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), o incentivo à criação de novas Câmaras Especializadas nos CREA, a elaboração e a implantação de um Manual de Fiscalização de Engenharia de Segurança do Trabalho unificado (com treinamento dos agentes fiscais), posição sobre o ensino a distância – EAD referente ao curso de especialização em nível de pós-graduação, em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, conforme previsto na lei no 7.410/85, o acompanhamento do Projeto de Lei sobre prevenção, segurança e proteção contra incêndio e pânico em andamento no Congresso Nacional.

Na abertura da reunião, o Coordenador Nacional das CEEST, engenheiro Nelson A. Burille, do CREA-RS, disse que “além da busca pela padronização nacional dos procedimentos de fiscalização na área, com a uniformização das demandas, temos que destacar a urgente necessidade de regulamentação do ensino a distância, pois, apesar da falta de regulamentação no sistema profissional, as reivindicações nesse sentido não param de chegar”, enfatiza.

O vice-presidente do CREA-SP, engenheiro Nízio Cabral, conclamou os participantes a trabalharem pela criação de novas Câmaras de Engenharia de Segurança do Trabalho em outros CREA, “pois se trata de uma modalidade que agrega todas as Engenharias, além de ser a única que tem as atribuições dos pós-graduados na especialização reconhecidas por lei”. O CREA-SP, disse Cabral, se orgulha de ter criado a primeira Câmara Especializada da modalidade dentro do Sistema, e se coloca à disposição dos Regionais que queiram implantar as suas Câmaras.

A coordenadoria da Engenharia de Segurança do Trabalho foi a última criada pelo CONFEA, em 2008, composta pelos coordenadores de câmaras de 20 regionais que tem esta especializada, além dos representante de plenário dos regionais que não possuem esta câmara.

Nesta reunião compareceram representantes de 21 regionais deliberaram por indeferir o registro de instituições de ensino que ministram cursos de ensino a distância – EAD referente ao curso de especialização, em nível de pós-graduação, em Especialização em Engenharia de Segurança do Trabalho, assim como não conceder atribuições profissionais aos egressos destes cursos, até que seja estabelecido parâmetros e requisitos estabelecidos pelo CONFEA, e ainda a aprovaram oito propostas, tendo como destaques:

  • Participação de representante da Engenharia de Segurança do Trabalho junto a Câmara Setorial de Serviços de Saúde da ANVISA;
  • Informar a ANVISA e a Comissão Nacional de Energia Nuclear as atribuições do Engenheiro de Segurança do Trabalho;
  • Solicitar ao CONFEA a realização de um seminário sobre o ensino a distancia – EAD, com especialista e membros da CCEEST;
  • Solicitar a ABNT a documentação de aprovação da NBR 17240 e NBR 10897, em função do termo de cooperação técnica firmado entre o sistema Confea/Crea e ABNT;
  • Indicar um profissional da Engenharia de Segurança para compor o grupo existente na Secretaria Nacional de Segurança Publica que trata dos assuntos relacionados a Prevenção e Combate a Incêndio e Pânico.

Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *