Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/3425>.
Acesso em 10/07/2020 às 22h42.

Prefeitura de Londrina autoriza contratação de profissionais da engenharia

2 de junho de 2015, às 17h19 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

Na última sexta-feira (29), o prefeito Alexandre Kireeff sancionou a lei municipal n° 12.274, que prevê a contratação de engenheiros e arquitetos destinados ao Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul). A previsão é que os profissionais sejam convocados até dia 20 de julho deste ano, através do concurso vigente n° 67/2011, para que possam assumir os cargos até outubro. Caso não seja possível preencher todas as vagas, um novo concurso será realizado pelo Município em 2016.

De acordo com o prefeito, a criação dos cargos é necessária para a ampliação dos serviços prestados aos cidadãos e para um melhor planejamento do desenvolvimento urbano. “Estes investimentos são fundamentais e fazem parte do cronograma de reestruturação do IPPUL, que deve se encerrar no final de 2016. Isso significa mais serviços, mais capacidade de planejamento e mais discussão sobre o desenvolvimento urbano e ocupação do solo”, disse Kireeff.

O inspetor do CREA-PR em Londrina, engenheiro civil Nilton Capucho, elogiou a iniciativa da prefeitura. “Parabenizo o prefeito Alexandre Kireeff e demais funcionários que estiveram envolvidos nesta conquista para o município. Em nome do CREA-PR e do Clube de Engenharia e Arquitetura (Ceal) entidades que represento e são parceiras na luta pela efetiva participação de profissionais no planejamento e na melhoria contínua da cidade parabenizo a administração, representada pelo executivo e legislativo municipal, pelo comprometimento com o desenvolvimento e o fortalecimento dos órgãos públicos, como o IPPUL e a SMOP, para que possam de forma profissional garantir o planejamento e obras adequados à cidade e sua população”, ressaltou.

A presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul), Ignês Dequech, explicou que desde a criação do instituto, há 22 anos, não houve a criação de mais cargos para arquitetos e engenheiros. “A cidade cresceu e tem necessidade de discutir o desenvolvimento urbano sustentável. Com a contratação de mais profissionais acreditamos que vamos atender a população de uma forma mais adequada.”

Os novos contratados devem auxiliar na elaboração dos projetos internos da Prefeitura, como os feitos para as secretarias de Educação, Assistência Social e Cultura, além dos projetos especiais como SuperBus, recuperação de fundos de vale, Plano Diretor e de implementação dos instrumentos urbanísticos. Na quinta-feira (28), foi aprovado em segunda discussão, na Câmara Municipal de Londrina, um projeto de lei do Executivo que prevê a contratação de dois geógrafos, para compor o quadro de servidores do Ippul.

(Com informações do site Londrix)


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *