Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/3427>.
Acesso em 12/07/2020 às 03h19.

CREA-PR e Confea esclarecem entidades de classe sobre convênios de mútua cooperação

3 de junho de 2015, às 20h27 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

tomada de contas

O CREA-PR realizou ontem (2 de junho) uma reunião com o objetivo de esclarecer as entidades de classe sobre as novas regras para a prestação de contas dos convênios de mútua cooperação. A reunião contou com a presença do presidente do CREA-PR, engenheiro civil Joel Krüger, da vice-presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), engenheira eletricista Ana Constantina Sarmento, do coordenador estadual do CDER, engenheiro civil Nilton Batista Prado, do coordenador da Comissão de Tomada de Contas (CTC) do CREA-PR, engenheiro eletricista Leandro Grassmann, dos coordenadores regionais do CDER e dos conselheiros que integram a CTC.

Para o presidente do CREA-PR o encontro foi bastante produtivo, pois esclareceu definitivamente a necessidade do cumprimento da Portaria 160 do Confea, decisão já tomada durante a Reunião Plenária 932, realizada em 28 de abril. “Agradeço a presença da conselheira federal e vice-presidente do Confea, Ana Constantina Sarmento pela disponibilidade de participar desse encontro e esclarecer as dúvidas de nossas entidades de classe”, salientou Krüger.

A conselheira federal ressaltou que pretende criar um Grupo de Trabalho no Confea para auxiliar as entidades de classe no novo modelo de prestação de contas, ressaltando que irá pleitear que um representante do Paraná seja membro deste GT. “Comprometo-me a destinar uma vaga deste GT ao Paraná, que conta com entidades de classe atuantes e fortes e que precisa ser representado nesta discussão”, prometeu.

tomada de contas2

Para o coordenador do CDER, Nilton Batista Prado, apesar das dificuldades geradas com os novos normativos, os encaminhamentos da reunião foram muitos produtivos. “Sabemos que as dificuldades se transformam em oportunidades. Nossas entidades de classe saberão se adaptar a nova realidade da legislação vigente que limitou alguns itens dos convênios. Por outro lado, temos que ser criativos e buscar novas formas de obter receitas para mantermos nossas entidades em funcionamento, trabalhando pela valorização profissional”, destacou.

Já o coordenador da CTC do CREA-PR, ressaltou que a comissão terá bastante trabalho pela frente, que começara com a revisão dos planos de trabalho aprovados em janeiro. “Nosso trabalho será árduo, mas tenho a convicção que com a ajuda de todos os conselheiros da comissão de tomada de contas em breve estaremos adaptados a nova legislação”, ressaltou.

 

Confira mais fotos da reunião em: www.facebook.com/creapr

 

(Felipe Augusto Pasqualini – Assessor de Comunicação do CREA-PR)


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *