Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/37065>.
Acesso em 14/06/2021 às 05h33.

Nota de falecimento

10 de maio de 2021, às 11h26 - Tempo de leitura aproximado: 2 minutos

O dia começou com uma notícia extremamente triste para a Engenharia, a Agronomia e as Geociências: o falecimento do engenheiro civil Paulo Roberto de Queiroz Guimarães, aos 64 anos de idade. Ele foi vítima da covid, que o levou à internação, no Centro Médico de Campinas, no dia 18 de março último. Foram muitos procedimentos e tratamentos, numa batalha quase sem trégua, própria de casos mais graves e complexos da doença.

“Hoje perdemos uma grande liderança! Lamento muito a perda do Paulo, era uma referência dentro do Sistema Confea/Crea e Mútua. Meus sentimentos a família e amigos!”, comentou o presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha.

Presidente da Mútua, a Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea, desde 2015 – tendo sido reeleito em 2018 para presidir a Instituição, Paulo Guimarães iniciou sua carreira na IBM. Era professor licenciado da PUC-Campinas, onde ministrou aulas por 27 anos. Engenheiro civil formado pela PUC Campinas, Pós-graduado em Administração e Educação, implantou e coordenou o Escritório Técnico de Apoio à Comunidade, praticando Engenharia Pública e Social, atuando, também, como profissional autônomo. Era integrante do Conselho Superior da Indústria da Construção (Consic), da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), e do Conselho Deliberativo da BB Previdência.

Paulo Guimarães foi conselheiro do Crea-SP e conselheiro federal do Confea por dois mandatos, de 1997 a 2002, sendo o primeiro coordenador nacional da Comissão de Educação do Sistema, hoje, Comissão de Educação e Atribuição Profissional (CEAP).

Após sua passagem pelo Conselho Federal, Paulo Guimarães foi eleito pelo Plenário do Confea para o cargo de diretor de Benefícios da Mútua para a gestão 2003/2006. Iniciou os estudos para desenvolvimento do plano de previdência complementar da Mútua, o TecnoPrev, lançado em 2004.

Foi reeleito para um segundo mandato à frente da Diretoria de Benefícios da Mútua (2006/2009). A gestão de Paulo Guimarães na Diretoria de Benefícios foi marcada pela criação de nove benefícios, entre eles, Apoio Flex e Veículos, os dois reembolsáveis mais solicitados nos últimos anos.

Na Presidência da Caixa de Assistência, comemorou, em 2017, o Jubileu de Rubi da Mútua – os 40 anos da Instituição – e esteve à frente de importantes conquistas e avanços, como a certificação de qualidade ISO 9001, a duplicação no número de associados, a consolidação do TecnoPrev como um dos melhores e maiores planos de previdência instituídos, a conquista do título das 150 Melhores Empresas para Trabalhar, entre muitos outros.

Ele nasceu em Campinas (SP), onde será sepultado nesta tarde. Paulo completaria 65 anos na próxima semana.

Fonte: Gecom/Mútua


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *