Marca do Crea-PR para impressão
https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/384

Saneamento ambiental reduz impacto na saúde pública

19 de abril de 2011, às 13h05


Mais uma etapa da Agenda Parlamentar ocorreu segunda-feira (18) na região Oeste. Depois de Marechal Cândido Rondon, que debateu na semana passada soluções para o trânsito, foi a vez de Corbélia tratar sobre um assunto vital para a melhoria da qualidade de vida da população: o saneamento ambiental.

Para isso, o CREA-PR contou com a participação de Renato Mayer Bueno, engenheiro químico e superintendente regional da Sanepar. O encontro teve a participação do Conselho, Aeac, Areac, Apeag e Sauc.

O superintendente da Sanepar apresentou números relacionados ao saneamento e as evoluções obtidas nos últimos anos com os investimentos feitos pela Sanepar no Paraná. Conforme ele, o planeta conta apenas com 2,5% de água doce própria para consumo. O restante é água de água salgada. “O caminho é a sustentabilidade, que começa pelo setor chamado água”, disse.

Ele chamou a atenção para a escassez da água. “Esse líquido precioso é finito. Quanto mais cresce a população, menos disponibilidade de água existirá”.

A dificuldade em oferecer esse sistema a toda população com celeridade esbarra no custo do investimento, uma vez que é três vezes mais que um sistema de abastecimento de água. Renato Bueno aproveitou para destacar o perfil apresentado por Corbélia, por dispor de 50% de cobertura de saneamento na cidade. “É uma das poucas do Paraná a apresentar esse índice de cobertura”. E a situação poderá ficar ainda melhor, com o anúncio de ampliação da rede de esgoto.

A correta destinação dos resíduos sólidos e a necessidade de implantação de galerias pluviais são outros pontos fundamentais para o desenvolvimento de uma cidade, na ótica de Bueno.

O prefeito de Corbélia, Eliezer Fontana, enalteceu o trabalho desenvolvido pelos engenheiros, tornando Corbélia referência aos demais municípios. “Somos o terceiro município em saneamento ambiental da região e a tendência é de evolução”, comemora.

O gerente regional do CREA-PR em Cascavel, Israel Ferreira de Melo, evidenciou os resultados alcançados com a Agenda Parlamentar. “É uma ferramenta indispensável para o gestor público”. Já Marli Aoki, presidente da Aeac, citou que 53% dos problemas relacionados à saúde estão diretamente ligados à falta de saneamento. O próximo encontro da Agenda Parlamentar na região Oeste será na próxima semana, em Cafelândia.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Voltar ao topo