Marca do Crea-PR para impressão
https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/418

CREA-PR debate Copa do Mundo 2014

2 de maio de 2011, às 19h47


O CREA-PR, Sinduscon-PR e CONFEA (Conselho  Federal  de  Engenharia, Arquitetura e Agronomia) promovem no dia 10 de maio (terça-feira), às 18h, no auditório do Sinduscon-PR, o Seminário Copa 2014 no Paraná, que discutirá com profissionais e a sociedade em geral os projetos de engenharia e arquitetura previstos e em andamento voltados à Copa do Mundo de 2014. Estudos do Governo Federal apontam investimentos em torno de R$ 33 bilhões em estádios, aeroportos e mobilidade, com cerca de 3,7 milhões de visitantes no País somente no mês dos jogos.

Na programação do Seminário, o painel Infraestrutura para a Copa-projetos e ações em andamento, com a apresentação da Secretaria para Assuntos da Copa do Mundo (pelo secretário Mário Celso Cunha), da COMEC-Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (pelo geólogo Gil Fernando Polidoro), da Secretaria Extraordinária da COPA 2014 de Curitiba (pelo presidente do IPPUC – Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Clever Ubiratan Teixeira de Almeida, da Infraero – Obras no Aeroporto Internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais (pelo superintendente Antonio Pallu) e do Estádio Joaquim Américo, sede dos jogos em Curitiba, pelo arquiteto Carlos Arcos, responsável pelo projeto.

Para o presidente do CREA-PR, engenheiro agrônomo Álvaro Cabrini Jr, a iniciativa é evidenciar junto aos dirigentes públicos a importância da capacitação dos seus quadros técnicos. “O legado dessa ação não se refere apenas as obras referentes à Copa 2014, mas a capacitação necessária para execução de obras de infraestrutura que trarão mais desenvolvimento ao Estado”, diz.

“Além de representar o início para uma nova fase de desenvolvimento do Brasil, a Copa do Mundo é uma oportunidade ímpar de geração de negócios que o setor da construção não pode deixar passar. Para atender às exigências da FIFA, serão necessárias diversas intervenções em vários setores, como obras viárias, transporte público, aeroportos, empreendimentos comerciais e hoteleiros, segurança, saúde, telecomunicações e, claro, estádios de futebol”, fala o presidente do Sinduscon-PR, Normando Baú. “Se houver um bom planejamento, virão obras que irão mudar positivamente as cidades brasileiras, não apenas para o evento em si, mas para a comunidade como um todo. O legado das obras para a Copa pode beneficiar a cidade por pelo menos 30 anos”, completa.

As confirmações de presença para o evento podem ser feitas pelo telefone 0800 41 0067. 

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Voltar ao topo