Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/42888>.
Acesso em 24/01/2022 às 20h20.

Hotéis serão fiscalizados pelos Creas Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul

De 1º a 15 de dezembro, hotéis serão fiscalizados pelos conselhos que fazem parte do Crea-Sul já prevendo a retomada do setor do turismo

17 de novembro de 2021, às 15h40 - Tempo de leitura aproximado: 3 minutos

Nesta quarta-feira (17), o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR),  Engenheiro Civil Ricardo Rocha participa em Bento Gonçalves (RS), no Dall´Onder Grande Hotel, do lançamento da Operação Hotel Mais Seguro, que será realizada de forma simultânea pelos Conselhos do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, na região Sul do País. O objetivo é verificar se a manutenção/instalação de diversos itens ou equipamentos, que dependem da expertise de engenheiros, estão em dia e se foram realizados por profissionais habilitados.

Inicialmente a ação – que acontece de 1º a 15 de dezembro – terá como foco hotéis na região litorânea, serrana do Rio Grande do Sul e em municípios como Gramado, Canela e Bento Gonçalves. No Paraná, neste período, além do litoral, hotéis localizados em Foz do Iguaçu e Curitiba também serão fiscalizados.

A estimativa é de visitar em torno de 70 estabelecimentos em cada uma das cidades. Já na segunda semana, a fiscalização se estende para os demais municípios dos Estados. “A ação conjunta entre os Creas do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul é inédita e tem como foco inicial cidades que vão concentrar um volume considerável de turistas com a temporada de verão ou que são atrativos turísticos”, acrescenta a Gerente do Departamento de Fiscalização (DEFIS) do Crea-PR, Engenheira Ambiental Mariana Maranhão

Conforme ela, os empreendimentos serão fiscalizados para verificar a responsabilidade dos serviços técnicos executados recentemente e a existência da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de serviços como a manutenção de elevadores, central de gás, ar-condicionado, equipamentos de proteção contra descarga atmosférica, entre outros.

“Será solicitada a apresentação de cópias de contratos, laudos, projetos, relatórios de inspeção e notas fiscais referentes às atividades técnicas que foram executadas no hotel por empresas terceirizadas e/ou profissionais autônomos”, comenta. No caso de alguns serviços de manutenção não terem sido realizados, o Agente de Fiscalização entrega um comunicado de fiscalização, que orienta quanto à necessidade do serviço.

O presidente do Crea-PR, Engenheiro Civil Ricardo Rocha comenta que a intenção da fiscalização é ajudar a minimizar os riscos de acidentes. “Em um hotel são diversas as atividades que exigem a existência de um engenheiro. É fundamental que as manutenções estejam em dia e sejam feitas por profissionais habilitados ou por empresas com registro junto ao Conselho. Nossa intenção não é a autuação dos empreendimentos, mas que os responsáveis estejam de olho na regularização de itens ou equipamentos”, reforça. Segundo ele, as fiscalizações nos hotéis serão agendadas.

Já o presidente do Crea-SC, Engenheiro Civil e de Segurança do Trabalho Carlos Alberto Kita Xavier frisa que ação visa contribuir para a certificação desses empreendimentos. “A iniciativa reforça a importância da atuação técnica das Engenharias, Geociências e Agronomia para a qualidade de vida e desenvolvimento da economia catarinense”, diz. Segundo ele, o setor turístico no Estado já está investindo em segurança aos visitam a região, com protocolos sanitários para turistas e moradores.

No Rio Grande do Sul, o turismo de negócio representa 70% do setor, conforme dados do Sindicato Intermunicipal da Hotelaria no Rio Grande do Sul (Sindihotel). “O objetivo da operação é orientar, prevenir e conscientizar sobre a importância da contratação de profissionais e empresas habilitadas”, comenta a presidente do Crea-RS, Engenheira Ambiental Nanci Walter. A primeira fase desta ação no Estado vai priorizar os hotéis localizados na capital, Serra, litoral e Região Metropolitana. No entanto, a ação atingirá os mais de 900 estabelecimentos da rede hoteleira gaúcha.


Comentários

  1. Jarbas Pinto disse:

    Com relação as fiscalizações que o CREA Sul pretende realizar nos hotéis do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, vejo que será bem interessante, pois sabemos que durante o ano passado e maior parte deste ano, enquanto os hotéis ficaram sem poder receber hóspedes, a maioria destes estabelecimentos aproveitaram para realizarem manutenções em suas dependências.
    Um dos serviços que verifiquei ser comum a vários destes hotéis, foram nos sistemas de prevenção contra incêndio e pânico, com instalações e manutenções nos equipamentos.
    Geralmente os hotéis maiores ou os que pertencem a redes de hotéis, já possuem equipes de manutenção, outros já preferem contratar serviços terceirizados, nestes dois casos vejo que a fiscalização a ser realizada está preocupada principalmente quanto a utilização de profissionais devidamente capacitados aos serviços, com acompanhamento de responsável técnico e com o devido recolhimento de ART, que regulamenta o exercício profissional, e que principalmente o profissional tenha acompanhado a execução do serviço.

    1. Comunicação Crea-PR disse:

      Exatamente, Jarbas! Essa força-tarefa conjunta entre os Creas do Sul será essencial para manter os nossos hotéis mais seguros. Agradecemos seu comentário!

Deixe um comentário para Comunicação Crea-PR Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *