Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/744>.
Acesso em 14/06/2021 às 06h29.

EBDRs são destaque na Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização

30 de setembro de 2011, às 18h19 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

A convite do deputado André Vargas, o CREA-PR participou nesta sexta-feira, na Assembleia Legislativa do Paraná, da edição dos Seminários Regionais que discutem as propostas do orçamento da União para 2010 (PLOA 2012) e do Plano Plurianual para o período de 2010 a 2015 (PLPPA 2012-2015), promovido pela Comissão Mista de Planos, Orçamentos Públicos e Fiscalização do Congresso Nacional.

O Conselho foi representado pelo coordenador da agenda Parlamentar, Claudemir Marco Prattes, e pelo diretor José Rodolfo de Lacerda.

“Nosso intuito é de colher sugestões para fazer o melhor orçamento para o Brasil e que seja bom também para o Paraná”, disse o deputado André Vargas.

“Curitiba foi escolhida para sediar o seminário pela força e pela pujança e pela representatividade no processo produtivo, cultural e econômico do Brasil. Queremos ouvir sugestões das entidades e todos os segmentos da representação popular para elaborar o Plano, que é nossa carta de navegação a médio e longo prazo”, disse o coordenador da Comissão, Vital do Rego.

Prattes apresentou aos senadores, deputados e demais autoridades presentes a Agenda Parlamentar com foco nos EBDRs-Estudos Básicos de Desenvolvimento Regional, realizados pelo CREA-PR e entidades de classe de todo Estado, envolvendo mais de 100 municípios, 170 prefeitos, 400 vereadores e mais de cinco mil profissionais.

Entre as propostas, obras de infraestrutura, mobilidade urbana, saneamento e desenvolvimento agrário, com destaque para o projeto do Arco Norte, que já vem sendo discutido há dez anos e agora é apresentado pelo CREA-PR e entidades de classe em nova formatação, mais viável financeiramente.

“A presença do CREA-PR aqui é um exemplo para que outras entidades assumam a mesma responsabilidade e carinho com que o Conselho trata a questão do desenvolvimento do Paraná. Esta é uma valiosa contribuição que será multiplicada a todos os relatores desta comissão”, finalizou Rego.

“Esta foi uma oportunidade única de entregar aos responsáveis pelo orçamento e investimentos em infraestrutura do País o amplo projeto de desenvolvimento do Paraná elaborado pelo Conselho em parceria com as entidades de classe. É um reconhecimento ao esforço voluntário de profissionais preocupados com a qualidade de vida da sociedade, que exercem a cidadania usando seu conhecimento para o bem da coletividade”, completou Prattes.

 


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *