Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2011/06/a-importancia-da-implementacao-de-uma-politica-estadual-de-saneamento/>.
Acesso em 26/02/2024 às 17h24.

A importância da implementação de uma política estadual de saneamento

20 de junho de 2011, às 10h40 - Tempo de leitura aproximado: 1 minuto

O CREA-PR e a ABES – seção Paraná (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) promovem nos dias 4 e 5 de julho, no Auditório do Bloco Azul da Universidade Positivo, em Curitiba, o seminário “Saneamento: um desafio de nossos tempos – Por uma política estadual de saneamento”. A proposta é chamar a Engenharia, autoridades e prestadores de serviço para discutir uma política estadual de saneamento básico, bem como discutir a sua importância e a necessidade de um plano estadual e municipal de saneamento.

Para o eng. civil Gilson Queiroz, presidente da Funasa – Fundação Nacional de Saúde é preocupante a inexistência de ações que trabalhem as questões que intervém nos agravos da saúde advindos da relação homem/ambiente. “É fundamental contar com uma política de saúde ambiental, pois sem ela temos um ambiente insalubre, que impacta em todo processo produtivo e de desenvolvimento”.
“O assunto ‘saneamento básico’ inserido nos EBDRs permitirá entregar nas mãos dos gestores um relatório pronto com recursos disponíveis em fundos e programas do Governo”, comenta o presidente do CREA-PR, engenheiro agrônomo Álvaro Cabrini Jr. Este relatório será entregue às autoridades no segundo semestre deste ano.

Na programação do encontro, os debates e mesas redondas: “Saneamento: desafio de nossos tempos”, “Saneamento no Paraná”, “Saneamento: Visão do CONFEA”, “Política Nacional e o PLANSAB”, “Política de Saneamento para o Paraná”, além da apresentação dos cases de Minas Gerais, Ceará e do Projeto da Nova Agência Reguladora do Paraná.

As inscrições podem ser efetuadas pelo telefone 0800-410067 ou pelo email procrea@crea-pr.org.br


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *