Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/02/crea-pr-empossa-78-novos-conselheiros/>.
Acesso em 12/04/2024 às 13h43.

Crea-PR empossa 78 novos Conselheiros

São 45 titulares e 33 suplentes empossados como conselheiros; a posse aconteceu durante plenária do Conselho, em Curitiba

3 de fevereiro de 2023, às 11h18 - Tempo de leitura aproximado: 12 minutos

Após a Sessão Plenária 1.005, ocorrida no último dia 26, Crea-PR passa a contar com 73 novos conselheiros, entre titulares e suplentes, em 2023. Eles tomaram posse com mandatos até 2025. São representantes de instituições de Ensino Superior e de Entidades de Classe que têm a atribuição de acompanhar assuntos inerentes à fiscalização e ao aprimoramento do exercício profissional, objetivando a defesa da sociedade. Ao todo, o Crea-PR conta com 144 conselheiros.

A entrada desses profissionais confirma o cumprimento do Art. 43 da Lei nº 5.194/1966, que determina que o Plenário dos Creas deve ser renovado anualmente pelo terço de seus membros.

Conselhos e a renovação do terço

A função de conselheiro do Crea-PR é honorífica e considerada serviço relevante prestado à sociedade. Isso porque o profissional assume a missão exercendo o papel de defensor da coletividade na exigência da responsabilidade técnica profissional, com respeito à habilitação para a execução ou elaboração de obras ou serviços das Engenharias, Agronomia e Geociências, de maneira a coibir abusos de ação perniciosa de pessoas inabilitadas que não possuem a necessária e adequada formação técnico-profissional e de corrigir as distorções da prática profissional imprópria.

O Crea-PR com 102 Conselheiros representantes das Entidades de Classe de profissionais de nível superior e 42 de Instituições de Ensino Superior. A troca de uma parte dos Conselheiros é conhecida como Renovação do Terço, e acontece anualmente (a deste ano está acontecendo nesta semana).

A preparação dos novos Conselheiros começou na segunda-feira (23), com o 8º Encontro de Integração dos Novos Conselheiros (Encic), na sede do Sinduscon em Curitiba. Os novos integrantes puderam acompanhar palestras de representantes de departamentos do Crea-PR e de órgãos públicos, tendo a oportunidade de conhecer melhor o funcionamento do Sistema Confea/Crea, além de questões técnicas, regimentais e de legislação.

Para o Gerente da Regional Apucarana do Crea-PR, Engenheiro Civil Jeferson Antonio Ubiali, com a renovação do terço, “a ideia é ter um Conselho formado por representações doa diversos segmentos para ter pluralidade, ser o mais abrangente possível e diminuir ao máximo os conflitos”, afirma. Na visão dele, “o que está sendo percebido nessas últimas renovações é que profissionais mais novos de carreira têm se apresentado para o Conselho”, diz.

Ubiali coloca ainda que “o Conselho é formado por diversas representações:  sociedade civil, Entidades de Classe de todas as regiões e representantes das Instituições Ensino. “Nós temos uma representação bastante variada, de diversos segmentos para darmos pluralidade às discussões,  termos diversas visões frente a um mesmo problema e uma discussão mais profunda”, finaliza.

Confira abaixo, por regional, algumas informações sobre os novos Conselheiros.

*Apenas na região de Ponta Grossa não houve renovação.

Apucarana

O Engenheiro de Computação e de Segurança do Trabalho, Michael Abil Russ Geraix, passa a ocupar uma cadeira como Conselheiro Titular pela primeira vez pela Regional Apucarana. Ele, que é de Arapongas, é formado desde 2004 pela Universidade Norte do Paraná (Unopar) e pós-graduado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL) em Engenharia de Segurança do Trabalho. Ele ocupa a vaga deixada pelo Engenheiro Eletricista Ricardo Toyama. “Atuei bastante tempo como perito judicial e em empresas de diversos ramos como moveleiras, saúde, metalúrgicas. Meu pai, Fauzi Geraix Filho, foi coordenador da Câmara de Elétrica”, comenta. “Estou representando a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Arapongas (Asenarag), da qual já fui diretor, na Câmara de Elétrica. No sistema Confea/Crea, a Engenharia de Computação é enquadrada como uma área da modalidade Engenharia Elétrica.

“A expectativa como Conselheiro é ajudar na valorização do profissional, garantir uma melhor segurança da sociedade e representar e defender a Câmara de Elétrica”, pontua.

Cascavel

A Associação Regional dos Engenheiros Agrônomos de Cascavel (Areac) tem dois representantes. O Engenheiro Agrônomo Davi Veronese, que assume como conselheiro titular, acompanhado do suplente, o Engenheiro Agrônomo, Alceu José Pedron.

Veronese já esteve em outros mandatos e reconhece a importância de ser conselheiro, agora na Câmara Técnica de Agronomia, à frente da gestão de fiscalização.

“Sempre é um desafio muito grande e agora vamos atuar no sentido de direcionar as fiscalizações para que todos os profissionais estejam habilitados, com conhecimento para realizar os trabalhos e em acordo com todas as legislações”, ressalta.

Representando a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Cascavel (Aeac), os Engenheiros Civis Maria Estela Montini Domingues e Ronald Peixoto Drabik também estão entre os novos conselheiros, como titular e suplente, respectivamente.

“Espero contribuir para que tenhamos cada vez mais profissionais qualificados  trazendo maior segurança para a sociedade em tudo o que é realizado em obras e serviços nas áreas de engenharia, agronomia e geociências”, destaca a Engenheira Civil Maria Estela Montini Domingues, que integra as comissões de prestações de contas e de acidentes em obras.

Integrantes do quadro do  Centro Universitário FAG, também na área da Engenharia Civil, foram empossadas Ligia Eleodora Francovig Rachid, como conselheira titular e Débora Felten, suplente.

Da Associação dos Arquitetos, Agrônomos e Engenheiros de Foz do Iguaçu (Aefi), Edna Possan, que é Engenheira Civil, também passa a fazer parte dos novos conselheiros como titular e o Engenheiro Civil, Gabriel Werner Simoneto, suplente.

A Associação dos Engenheiros de Pesca do Paraná (AEP-PR) tem dois representantes. O Engenheiro de Pesca Taciano Cesar Freire Maranhão de Toledo, tomou posse como conselheiro titular e Ronan Maciel Marcos, também Engenheiro de Pesca, é o suplente.

Guarapuava

São três profissionais da Regional Guarapuava. Entre eles, o Engenheiro de Pesca Ronan Maciel Marcos, que está assumindo a função em uma Associação Estadual pela primeira vez, como Conselheiro suplente. Conforme o Engenheiro, a Associação dos Engenheiros de Pesca do Paraná é uma entidade de classe com um número pequeno de associados, sendo que maioria dos profissionais atua na região oeste do estado, onde fica a sede da Associação, em Toledo. Por isso, sua participação no Conselho representando esse grupo é bastante importante. “A presença de profissionais associados participando ativamente do Conselho em diversas regionais aumenta a divulgação da importância da nossa profissão e ajuda a melhorar os processos de fiscalização das atividades inerentes ao Engenheiro de Pesca”, avalia.

Ciente das suas obrigações como Conselheiro em prezar pela boa atuação profissional, pautada na ética e visando o bem da sociedade em que está inserido, Ronan reconhece que, no âmbito da Engenharia de Pesca existem muitos desafios para seu mandato. “Destaco alguns como a presença de muitos empreendimentos sem um profissional habilitado atuando, além de existir muito sombreamento de atribuições com profissionais de outros conselhos. Nesse sentido, cabe aos representantes da classe no Crea-PR, o esclarecimento e defesa de quais são áreas de atuação dos Engenheiros de Pesca, para garantir um atendimento eficiente das demandas do setor produtivo da aquicultura e pesca”, completa.

Já o Engenheiro Civil Diego Szvdlovski inicia em 2023 um novo mandato pela Associação Regional de Engenharia Civil de Irati (Areci). Ele já atuava como Conselheiro da Entidade nos últimos três anos. “Quando iniciei meu mandato ampliei minha visão sobre a importância do Crea-PR na sociedade e, conhecendo mais sobre o sistema, senti a ampla contribuição dessa experiência na vida profissional, através do contato com profissionais da minha e de outras áreas, no convívio das reuniões, na troca de experiência e ampliação do conhecimento sobre engenharia”, relembra o profissional. Com o novo mandato, novos desafios já estão em perspectiva. “Um deles será assumir a coordenadoria de comissões, que acrescenta amplamente no âmbito profissional e pessoal e impulsionará, ainda mais, nosso diálogo de classe”, finaliza.

Londrina

Dos novos Conselheiros, 22 fazem parte da Regional Londrina. Desse total, 19 são representantes de Entidades de Classe e três de Instituições de Ensino.

A Regional Londrina é composta por seis inspetorias, das quais três passarão a contar com novos conselheiros. Na Inspetoria de Londrina, os novos conselheiros titulares são: o Engenheiro de Segurança do Trabalho Wilson Aparecido da Silva; os Engenheiros Agrônomos Irineu Zambaldi, Luís Fernando Gastaldi e José Roberto Pinto de Souza; o Engenheiro Civil Decarlos Manfrin; o Engenheiro Mecânico Valdemir Antunes e os Engenheiros Eletricistas Gilberto Dias de Melo, Naziel Salustiano e Roberto Gonçalves Gameiro, que assume o segundo mandato.

Já na suplência estão os Engenheiros de Segurança do Trabalho Edson Nishioka e Fabiana Yuka Sasaki Endo; os Engenheiros Eletricistas Adalton Paschoal de Souza e Valter Cazelatto Pontello; o Engenheiro Civil Vilson Gomes da Assunção Júnior e a Engenheira Agrônoma Inês Cristina de Batista Fonseca.

Pela inspetoria de Santo Antônio da Platina, assumem os Engenheiros Civis Giovanne dos Santos Leite, como titular, e Moacir Ferreira Dal Bianco, como suplente. Ambos em seus primeiros mandatos.

A inspetoria de Jacarezinho conta com três novos conselheiros, sendo eles o Engenheiro Agrônomo Almir Del Padre, como titular, e os Engenheiros Civis Marco Tulio Batista Prado e Beatriz Ayumi Sakamoto, titular e suplente respectivamente.

Na inspetoria de Cornélio Procópio, dois novos conselheiros assumem o mandato como titulares. São o Engenheiro Agrônomo Paulo Gatti Paiva e o Engenheiro Mecânico Paulo Cézar Moselli.

Maringá

No novo quadro, a Regional Maringá conta com três representantes titulares, além de suplentes. De Campo Mourão, o Engenheiro Agrônomo Lucas Gouvea Vilela Esperandino assume novo mandato dando continuidade ao trabalho realizado na função no mandato 2020-2022. Ele faz parte da Associação dos Engenheiros Agrônomos de Campo Mourão (AEACM), de onde traz experiências para contribuir com as ações do Crea-PR.

“Durante o período no mandato anterior, colaboramos nas discussões acerca do CET (Comitê de Estudos Temáticos) Agrotóxicos e do CET Agronomia. Contribuímos para melhoria técnica dos profissionais inerentes ao Sistema, mostrando a importância de o mercado absorver profissionais com registro no Conselho de Classe e, consequentemente, defendendo a sociedade da ação de profissionais inabilitados”, comenta.

O Engenheiro Agrônomo Nilson Cardoso, que é diretor da Associação Maringaense dos Engenheiros Agrônomos (Amea), retorna ao grupo de Conselheiros do Crea-PR, do qual fez parte entre 2014 e 2017. No período que atuou como Conselheiro, chegou a assumir a Vice-Presidência do Crea-PR e, por um determinado período, ocupou o cargo de Presidente do Crea-PR.

Cardoso conta que durante sua experiência como Conselheiro trabalhou pelo fortalecimento da fiscalização do exercício da profissão. “Pude ajudar com meus conhecimentos e aprendi, também, sobre o papel do Conselho e sua contribuição para a sociedade, fiscalizando o exercício da profissão por técnicos habilitados, éticos e com responsabilidade. Assumo novo mandato por indicação da Associação que represento, auxiliando o Conselho no objetivo de defesa da sociedade e de valoziração profissional”, diz.

Também assume novo mandato o Conselheiro Engenheiro Mecânico Carlos Alberto Bueno Rego, indicado pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Maringá (Aeam). Os suplentes são o Engenheiro Mecânico Marcos Antonio Pintor Junior, também indicado pela Aeam, o Engenheiro Agrônomo Jose Petruise Ferreira Junior, indicado pela AEACM, de Campo Mourão, e o Engenheiro Agrônomo Otavio Perin Filho, indicado pela Amea, de Maringá.

Pato Branco

Na Regional que compreende os municípios do sudoeste do Estado, cinco Engenheiros assumiram o cargo de conselheiro titular pelo primeiro mandato; outros três foram reconduzidos à titularidade.

Na Inspetoria de Francisco Beltrão, na Engenharia Civil, Thiago Lorenzetti, de Francisco Beltrão é o conselheiro titular. Vinícius Perin, também de Francisco Beltrão é o suplente. Na modalidade de Engenharia Florestal, Eleandro Brun, de Dois Vizinhos, foi reconduzido para o segundo mandato como conselheiro titular, tendo Flávia Gizele Konig Brun, também de Dois Vizinhos, como suplente.

Na Inspetoria de Pato Branco, na Agronomia, José Abramo Marchese, professor da UTFPR – Campus Pato Branco é o conselheiro titular. José Ricardo da Rocha Campos, também de Pato Branco, é o suplente. Na Engenharia Elétrica, Ricardo Bertoncello, de Vitorino, foi reconduzido como conselheiro titular, com Sidnei Pereira, de Pato Branco, na suplência.

Na Inspetoria de Realeza, na Engenharia Civil, Paulo Warmiling, de Salto do Lontra, é o conselheiro titular. José Fernandes Ghiraldi, de Realeza, o suplente.

O Engenheiro Civil Thiago Lorenzetti, de Francisco Beltrão, assume o cargo de conselheiro pela primeira vez, indicado pela Associação dos Engenheiros e Arquitetos do Sudoeste do Paraná (Sudenge). Thiago ressalta o trabalho de preparação realizado durante o Encic para desempenhar as funções da melhor maneira.

Como conselheiro, além de analisar processos quanto ao exercício ilegal da profissão, ele também faz parte das comissões de Ética Profissional (CEP) e de Orçamento e Tomada de Contas (CTC).

“Agradeço aos integrantes da Sudenge e ao Crea pela confiança. A intenção é de contribuir com o Sistema Confea/Crea e seguir no propósito de levar melhorias, defender os profissionais das Engenharias, sempre visando o bem da sociedade”, adianta Thiago Lorenzetti.

O Engenheiro Agrônomo José Abramo Marchese, professor do curso de Agronomia da UTFPR – Campus Pato Branco, também assume como Conselheiro do Crea-PR pela primeira vez. Indicado pela universidade, ele está vinculado à Câmara Especializada de Agronomia (CEA) e faz parte da Comissão de Educação e Atribuição Profissional (Ceap) do Conselho.

“Até pelo lastro de quase 30 anos na universidade, pretendo focar nas questões educacionais e na aproximação, necessária, entre a instituição de ensino e o Conselho. Por outro lado, há conselheiros muito experientes e ter contato com essas pessoas é um momento de muito aprendizado. Avalio que é uma oportunidade para contribuir e aprender muito”, comenta Abramo.

Curitiba

Na Regional Curitiba, que inclui as Inspetorias de Curitiba, Campo Largo, São José dos Pinhais, Paranaguá e Rio Negro, assumiram o mandado 16 conselheiros titulares e 13 suplentes; confira os nomes:

Titulares Suplentes
Alexandre Felipe Santos (Eng. Civ.) Jerusa Janaina Dutra (Eng. Civ.)
Arileide Cristina Alves (Eng. Eletric.) Julio Shigeaki Omori (Eng. Eletric.)
Carlos Roberto Bittencourt (Eng. Agr.) Eduardo Martins Portelinha (Eng. Agr.)
Emerson Donaisky (Eng. Contr. Autom.) Ricardo Alexandre Diogo (Eng. Contr. Autom.)
Flávio Freitas Dinão (Eng. Oper. Eletrot.)
Gilberto Dias de Melo (Eng. Eletric.) Fernando Marchi (Eng. Eletric.)
Gislaine Lara Bussolo (Eng. Quím.) Izabela Garcia Trzeciak (Eng. Alim.)
Ingrid Froba (Eng. Mec.) Pedro José Steiner (Eng. Mec.)
Jorge Irineu Demétrio (Eng. Eletric.) Mariana Machado (Eng. Eletric.)
José Carlos Dias Lopes da Conceição (Eng. Civ.) Ana Paula Alvarado Kitahara (Eng. Civ.)
Marco Antonio Biscaia (Eng. Eletric.)
Rafael Erico Kalluf Pussoli (Eng. Civ.) José Pedro Piovezan (Eng. Civ.)
Rafael Rodrigues Teixeira (Eng. Civ.) Renata Juliana Bertol Baseggio (Eng. Civ.)
Raiger Moreira Alves (Eng. Civ.) Luiz Henrique Calhau da Costa (Eng. Civ.)
Ricardo Henrique Kozak (Eng. Quím.)
Vera Regina Fiori Dias (Eng. Civ.) Vilson Gomes da Assunção Junior (Eng. Civ.)

 


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *