Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/08/crea-pr-participa-da-efapi-em-santo-antonio-da-platina/>.
Acesso em 27/02/2024 às 17h38.

Crea-PR participa da EFAPI em Santo Antônio da Platina

21 de agosto de 2023, às 12h44 - Tempo de leitura aproximado: 8 minutos

Reunião do CDER aconteceu durante a EFAPI 2023.

A Exposição – Feira, Agropecuária e Industrial de Santo Antônio da Platina é um dos maiores eventos voltados para o setor na região do Norte Pioneiro do Paraná. A feira, que aconteceu entre os dias 16 e 20 de agosto, contou com diversos expositores, inclusive o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná – Crea-PR, que participou com um estande organizado pela Associação Platinense de Engenharia, Arquitetura e Agronomia – APLA. O Presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha visitou o espaço e participou da reunião conjunta entre o CDER Regional Londrina e o CDER Estadual, que aconteceu na sexta-feira (18/08).

A iniciativa de receber a reunião do CDER durante a feira partiu do Presidente da APLA, Eng. Seg. Trab. Fernando Ribeiro dos Santos. “Conversamos com o CDER e formalizamos o convite para trazer a reunião para Santo Antônio da Platina durante a EFAPI. Trouxemos lideranças do Paraná para discutir melhorias para as Entidades de Classe. É muito importante para nossa Associação receber o Crea-PR aqui em nossa região e também se aproximar das demais entidades do Paraná”, explica Fernando. 

Além da reunião, a comitiva do Crea-PR também participou da feira e conversou com autoridades locais sobre a atuação do Conselho na região. 

Reunião do CDER discute Edital de Chamamento 

A reunião do CDER começou com a fala do Presidente Eng. Civ. Ricardo Rocha, que falou sobre o lançamento do Programa Itaipu Mais Energia. O projeto desenvolvido pela Itaipu Binacional em parceria com a Caixa Econômica Federal prevê o investimento de mais de R$ 1 bilhão de reais em municípios do Paraná e do Mato Grosso do Sul. Ricardo ressaltou a importância desse convênio e comentou que o Crea-PR está dialogando com a direção da Itaipu Binacional para a inclusão de profissionais ligados ao sistema nos projetos que serão desenvolvidos no futuro. 

“Temos conversado com as associações para criar uma estrutura nas Entidades de Classe e desenvolver projetos. Essa é uma grande oportunidade para os municípios e para os profissionais do nosso sistema, que podem contribuir positivamente com a sociedade. A participação também ajuda a valorizar a profissão. O Programa Itaipu Mais Energia vai gerar impacto positivo em diversos locais e o Crea-PR está presente tanto no aspecto técnico quanto na execução dessas obras, atuando em parceria com as prefeituras e com a Itaipu Binacional. Nosso papel como Conselho é conectar as pontas e aproveitar os recursos que serão disponibilizados”, explica o Presidente sobre a atuação do Conselho no programa.

O Presidente do Crea-PR também agradeceu a participação de todos que visitaram a 78ª Semana Oficial da Engenharia e Agronomia – SOEA. Ricardo ressaltou que o evento foi um sucesso e parabenizou todos os paranaenses que se engajaram e acompanharam os painéis. “A troca de conhecimento que acontece na SOEA é incrível e nós vimos o Paraná presente em todos os espaços discutindo, dialogando e debatendo o futuro da profissão no país. Agradeço a todos que colaboraram com a realização da SOEA.”

Após a fala do Presidente, o gerente de relações institucionais do Crea-PR, Claudemir Marcos Prattes, deu início aos assuntos que foram debatidos junto com os coordenadores. O primeiro tema foi a aprovação de minutas do Edital de Chamamento para 2024. A 9ª edição do edital deve desburocratizar alguns pontos, fornecendo mais ferramentas para facilitar a participação das Entidades de Classe. Claudemir apresentou os prazos para inscrição e execução dos projetos, orçamentos e distribuição de valores. O gerente também lembrou que o período eleitoral não afeta a publicação e cronograma do edital.

Entre os pontos que foram apresentados para a discussão do CDER, alterações nos critérios de abrangência do mérito, que passam a ser: abrangência, caracterização, viabilidade, tema, inserções sobre temas referentes ao Crea-PR, propostas de melhoria, certificação PCQ, número de profissionais do sistema, número de profissionais associados, número de acadêmicos, presença nos meios de comunicação e número de participações em editais de chamamento.

Claudemir também trouxe para aprovação dos coordenadores a obrigatoriedade de que os profissionais convidados para palestras e eventos por meio de fomento do Edital não tenham nenhum tipo de restrição junto ao sistema. As minutas apresentadas durante a reunião foram aprovadas e devem ser apresentadas na próxima reunião da Plenária.

Outro assunto discutido foi a realização do próximo EPEC. Claudemir falou sobre a programação, local a ser realizado e apresentou um resumo do que já foi definido até o momento e quais os próximos passos para a organização do evento. Ele também valorizou a solicitação de colaboração das Entidades de Classe na sugestão de temas para os painéis do EPEC.

Em seguida, o Eng. Mec. Carlos Henrique Wild apresentou a palestra “Atuação da entidade de classe na sociedade” e falou sobre a importância da aproximação das Entidades de Classe e do Poder Público. Logo após, o Gerente da Regional Curitiba, Eng. Agr. Eduardo Ramires falou sobre o processo eleitoral que teve início no sábado, dia (19/08). A reunião foi encerrada com a fala do Presidente do Crea-PR e do Presidente da APLA.

Presença do Crea-PR na EFAPI

Após o encerramento da reunião do CDER, os coordenadores e a comitiva do Crea-PR foram recepcionados pela APLA. A APLA esteve presente em um estande patrocinado pelo Sistema Confea-Crea-Mutua e ofereceu aos visitantes do local informações sobre a associação, além de esclarecer dúvidas sobre a atuação do Conselho. De acordo com o Presidente da APLA, Eng. Seg. Trab. Fernando Ribeiro dos Santos, um dos objetivos da participação na feira foi a prospecção de novos associados e esse objetivo foi alcançado. 

“Nós tivemos muitos visitantes em nosso espaço e isso foi muito positivo. Recebemos não só profissionais, mas também a sociedade. Agora vamos entrar em contato com os interessados em participar da nossa associação e torná-los ainda mais próximos do Conselho”, explica Fernando.

Fernando também comentou sobre a importância do Edital de Chamamento para as Entidades de Classe: “Por meio do Edital nós conseguimos realizar várias ações na região e isso nos fortaleceu bastante. Estamos muito animados para inscrever novos projetos no próximo ano também”.

Para o gerente regional do Crea-PR em Londrina, Eng. Eletric. Edgar Matsuo Tsuzuki, a iniciativa da APLA de realizar a reunião do CDER durante a EFAPI foi excelente. “Essa é uma  grande oportunidade para trazer as entidades de Londrina, uma vez que as pautas discutidas na reunião são do interesse de todos. Os assuntos debatidos foram muito relevantes para todos que participaram do encontro”, conta ele. 

Edgar também falou sobre a presença do Crea-PR na EFAPI: “Neste ano nós participamos em um estande e realizamos atendimentos na feira. Essa foi uma forma de aproximar ainda mais o Conselho da sociedade. Quem procurou nosso estande pode esclarecer dúvidas sobre regularização, atuação do Conselho e muito mais. É um evento marcante pois mostra que o trabalho do Crea-PR no fortalecimento das Entidades de Classe está gerando resultados”.

O fortalecimento das Entidades de Classe é um dos objetivos principais da gestão atual do Crea-PR. Para a gerente da Regional de Maringá, Eng. Prod. Viviani Hannebauer, a reunião do CDER com participação ativa dos coordenadores regionais ressalta isso. “Essa reunião e a presença na feira mostram o envolvimento e fortalecimento das entidades através de seus representantes, propondo e opinando com ações de valorização e aperfeiçoamento ao sistema profissional”, comenta Viviani.

Um dos coordenadores que participou do encontro foi o Eng. Agr. Silvério Candido da Silva, Presidente da Associação Regional de Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Cianorte – AREARC. Para ele, o fortalecimento das Entidades de Classe é fundamental para a valorização dos profissionais: “Temos uma boa parceria com o Crea-PR e é muito bom participar desse encontro que discutiu um assunto tão importante quanto o Edital de Chamamento. Nós já participamos das outras edições do edital e tem sido muito importante para nossa associação. O curso de empreendedorismo, finanças e marketing, por exemplo, foi muito importante para a administração da nossa entidade”. 

Diálogo com a gestão municipal de Santo Antônio da Platina

Na sexta-feira (18/08), durante a tarde, o Presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha, acompanhado do Assessor da Presidência do CREA-PR, Eng. Civ. Samir Jorge, e do gerente regional do Crea-PR em Londrina, Eng. Eletric. Edgar Matsuo Tsuzuki, se encontrou com o Prefeito de Santo Antônio da Platina, Professor Zezão. A cidade, participa do programa Casa Fácil, foi uma das que teve maior participação nas ações de regularização. A ação foi realizada em duas etapas. Primeiro a assistência social municipal mapeou as moradias em situação irregular e em seguida foi realizada a regularização. O Casa Fácil é uma projeto do Crea-PR que permite às famílias carentes habitação de qualidade com dignidade. 

No encontro, o Crea-PR apresentou também o programa Campo Fácil. A gestão municipal também falou sobre projetos que estão sendo desenvolvidos e podem ser realizados em parceria com o Conselho. A ideia é manter a aproximação e atuar ativamente na região para que os profissionais possam ter suporte no desenvolvimento de projetos e também auxiliar a Prefeitura em análises técnicas.

Confira as fotos da presença do Crea-PR na EFAPI:

Texto: Guilherme Wordell
Fotos: Guilherme Wordell


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *