Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/12/governanca-cooperativa-de-londrina-ressalta-atuacao-exemplar-das-entidades-de-classe-regionais/>.
Acesso em 26/02/2024 às 19h28.

Governança Cooperativa de Londrina ressalta atuação exemplar das Entidades de Classe regionais

5 de dezembro de 2023, às 0h35 - Tempo de leitura aproximado: 7 minutos

Nesta segunda-feira (04), começaram os encontros no norte do estado pela Regional de Londrina, parte da segunda fase da Governança Cooperativa do Crea-PR de 2023. O Gerente da Regional Eng. Eletric. Edgar Matsuo Tsuzuki deu as boas-vindas aos presentes enfatizando a importância do evento, que “oportuniza a integração entre as Entidades de Classe, Instituições de Ensino, Conselheiros, Inspetores, estudantes, a alta direção e a estrutura funcional do Crea-PR, visando elevar a qualidade do processo decisório dos órgãos deliberativos do Conselho, a equidade e transparência na tomada de decisões, a promoção e manutenção de um Sistema de excelência de gestão convergente às diretrizes, objetivos e políticas traçadas pela sua administração”. 

Durante a Governança foram realizadas reuniões dos colegiados do Crea – Colégio de Entidades de Classe – CDER, Colégio de Inspetores – CDIN e dos representantes regionais do CreaJR-PR.

 

Plenária dos Colegiados

Colegiado das Representações: um horizonte de oportunidades

O Assessor de Políticas Públicas, Eng. Civ. Samir Jorge, falou das Representações do Crea-PR. Segundo ele, em 2018 tínhamos cerca de 70 Representantes, hoje o número aumentou mais do que 100 %: são 170 profissionais que estão nas mais diversas áreas da sociedade em nome do Sistema Profissional. Para ele, a época eleições municipais que se aproxima é uma ótima oportunidade para aumentar este esforço conjunto: “as representações ainda estão muito concentradas nas grandes cidades, precisamos fazer um esforço coletivo, conversar com os prefeitos e lideranças municipais para darmos espaço a esta aproximação mais efetiva do Crea com a sociedade”, disse. A ideia já faz parte do Planejamento Estratégico para o próximo triênio:  regulamentar o modelo com a criação de um Colegiado das Representações.

Planejamento Estratégico: “implicâncias futuras das decisões recentes”

O superintendente do Crea-PR Eng. Agr. Celso Roberto Ritter falou aos presentes sobre o Planejamento Estratégico para o próximo triênio pautado em Peter Drucker, um dos autores mais reconhecidos da administração moderna: “O planejamento não diz respeito a decisões futuras, mas às implicações futuras de decisões presentes”. Tal inspiração veio para ilustrar a forma de trabalho do Conselho, que prevê suas ações a partir de diversas entradas: o plano do presidente, o referencial estratégico do Confea, a avaliação dos resultados de ações e metas do último ano, pesquisa de imagem, a análise do cenário econômico externo, estatísticas e a análise SWOT que já foi realizada pelo corpo funcional e que poderá ainda receber a colaboração dos presentes – Entidades de Classe, Conselheiros, Inspetores e estudantes pertencentes ao programa CreaJr-PR. O prazo de entrega é 20 de dezembro. 

Premiações

Com a presença no palco do Presidente do Crea-R, Eng. Civ. Ricardo Rocha, foram feitas as premiações do Prêmio Destaque Profissional, , Melhores TCCs, Prêmio Extensão Universitária, entrega dos Atestados de Serviços Meritórios dos Inspetores que encerram mandato em 2023, PCQ – Prêmio Crea da Qualidade

Melhorias e Infraestrutura do Crea-PR: um balanço da Gestão

Depois da entrega dos prêmios, o Presidente Ricardo falou das muitas melhorias realizadas durante sua gestão, apresentando valores de investimento feitos nas regionais. A de Londrina será entregue em janeiro do próximo ano; as de Bandeirantes , Cornélio Procópio, Ibaiti, Jacarezinho também tiveram melhorias em sua estrutura. Essas e todas as outras Inspetorias do Crea-PR também passaram pela inspeção predial: “defendemos no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa a obrigatoriedade da inspeção predial, temos que dar o exemplo”, afirmou. 

Um elogio à Londrina

O Presidente então parabenizou os vencedores dos prêmios e os inspetores locais que finalizaram seus mandatos, ressaltando a importância de Londrina quando falamos da atuação das Entidades de Classe: “em Londrina temos uma riqueza muito grande quando falamos de Entidades; o Clube dos Engenheiros e Arquitetos de Londrina (CEAL) é um grande exemplo com relação a abraçar as oportunidades oferecidas pelo Sistema e participar ativamente de suas políticas. Completou com um agradecimento pessoal: “Se eu cheguei à presidência tem muito a ver com Londrina; sou formado pela UEL, minhas raízes estão aqui”.

Transição da Gestão 

O Presidente eleito Eng.Agr. Clodomir Ascari foi recebido pelo Presidente Ricardo e falou da satisfação em estar presente. Reforçou seu compromisso com a Sociedade, bem como com o Sistema e seus profissionais: “as eleições terminaram no dia 17, agora é o momento de nos unirmos e trabalharmos juntos.” Ele voltou a se comprometer com as 38 propostas defendidas durante a campanha, e ressaltou a possibilidade de, mediante a união de todos, fazer ainda mais: “todos nós somos um pouco do Crea, temos que ter este sentimento de pertencimento; eu vou escutar e receber as propostas de todos, como venho fazendo desde o início da campanha, porque eu acredito na nossa união e acredito no que dizia meu slogan de campanha: “o que a gente faz, faz a diferença” 

Reunião da Comissão Acadêmica do CreaJr-PR 

O encontro contou com a presença do Gestor do programa e Facilitador do Departamento de Relações Institucionais (DRI) Eng. Eletric. André Pagani que falou sobre o planejamento estratégico. Dentre as entradas para sua concepção, está a análise SWOT, que fornece uma visão estratégica para tomada de decisões, e que pode ter colaboração dos membros do CreaJr.

A acadêmica de Agronomia, Eduarda Soares de Farias, estava presente e enfatizou a importância do programa como ferramenta pregressa à entrada no Sistema Profissional: “o CreaJr é a oportunidade de nós estudantes termos acesso a muitos conhecimentos importantes antes de entrarmos no mercado de trabalho”, disse. 

Não houve eleição de representante da CAR na regional. Ela será feita no início do ano que vem. 

Reunião do CDER ressalta o grande investimento do Crea-PR em prol do Associativismo e do retorno aos profissionais e à sociedade 

O Colégio das Entidades Regionais tem como finalidade promover o fortalecimento e a sustentabilidade das Entidades. Um dos meios inteligentes para isso é a minimização das divergências e a potencialização de convergências entre elas, e nessa matéria as Entidades de Londrina se mostram muito desenvolvidas. Na regional, Entidades maiores têm sido, muitas vezes, mais do que exemplos, mas guias para aquelas com menos tempo de estrada e recursos. Mais do que isso, segundo o Gerente do Departamento de Relações Institucionais do Crea-PR – DRI Claudemir Marcos Prattes, são Associações que contribuem com o próprio Conselho: “hoje fizemos uma reunião com as Entidades locais, respondemos algumas perguntas, esclarecemos dúvidas e recebemos propostas que serão acatadas. De fato, estes treinamentos – sobre os Editais de Chamamento – têm promovido debates que nos ajudam a crescer, e isto ficou muito claro aqui em Londrina, como já havia acontecido em Cascavel”. 

O Edital de Chamamento Público repassará R$ 3 milhões para projetos como revistas impressas e digitais, congressos, seminários, workshops, cursos, treinamentos, eventos, simpósios, hackathons, entre outros.O Presidente Ricardo relembrou o início difícil de sua implantação, enfatizando a sua importância hoje: se tem uma politica que está bem estabelecida no Crea-PR é este edital. Estamos melhorando o formato com todos contribuindo e é assim que as coisas vão em frente: no coletivo, ganhando musculatura, cada um cumprindo sua curva de aprendizado”.

Fiscalização no Paraná é exemplo para o Brasil

Durante a reunião do Colégio de Inspetores – CDIN, que faz parte da Governança Cooperativa do Crea-PR, a Gerente do Defis, Eng. Amb. Mariana Maranhão, falou sobre a atuação dos fiscais paranaenses e ressaltou a efetividade do serviço realizado no Estado. Para demonstrar os resultados positivos, comentou sobre as ações de fiscalização de conduta profissional realizadas neste ano.

“O Paraná é exemplo quando falamos de ética profissional. Nosso estado realizou até agora, em 2023, 205 fiscalizações desse tipo com resultados satisfatórios. Percebemos que na maioria dos casos, após a advertência os profissionais não repetem a infração, ou seja, nosso trabalho reduz a recorrência dos atos de infração”, explica Mariana.

Mariana associa esse fato a ações que o Crea-PR realiza e que reforçam a importância da ética na atuação do profissional, como a Semana de Ética e a presença do CreaJr-Pr nas universidades.

O compromisso do Crea-PR com a fiscalização orientativa se evidencia também nos processos que envolvem algum tipo de irregularidade. Em 2023, 69% dos cerca de 13 mil processos foram sanados antes do auto, reforçando a importância da orientação aos profissionais e empresas. 

“Nosso objetivo é trazer mais segurança e inserção profissional. A regularização, nesses casos, é muito mais importante. Buscamos isso através da orientação e esse é um dos nossos pilares”, ressalta a Gerente.

Durante a reunião do CDIN, Mariana também falou sobre as metas que foram definidas durante o 8º Encontro Nacional de Fiscalização, que foi realizado pelo Confea entre os dias 28 e 29 de novembro, que incluem a fiscalização de aterros sanitários e condomínios. 


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *