Marca do Crea-PR para impressão
https://www.crea-pr.org.br/ws/arquivos/26573

5º ProEC mostra às Entidades de Classe a possibilidade de inovação ao alcance de todos

11 de outubro de 2019, às 19h40


Com o tema Inovação Disruptiva, que significa a transformação de uma tecnologia, produto ou serviço em algo novo, mais simples, conveniente e acessível, o Crea-PR realizou, nestes dias 10 e 11 de outubro, na Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Ponta Grossa (AEAPG), o 5º Seminário do ProEC – Programa de Sustentabilidade das Entidades de Classe. Participaram 120 profissionais dirigentes de entidades de classe de todo o estado do Paraná, que tiveram a possibilidade de conhecer mais sobre a inovação e a nova ferramenta eletrônica que será disponibilizada para elaboração de propostas técnicas e prestação de contas de Termo de Fomento/Colaboração.

Presidente do Crea-PR, eng. civ. Ricardo Rocha

O presidente do Crea-PR, engenheiro civil Ricardo Rocha de Oliveira, que esteve presente no evento, afirma que “nossa gestão tem mantido o compromisso firme com as entidades de classe por meio do ProEC e dos Editais de Chamamento, o que proporciona que as próprias entidades operacionalizem o apoio às melhorias na fiscalização e na valorização das nossas profissões. Por isso, mantemos e renovamos nosso compromisso de gestão em ter um Edital que traga recursos e um formato que agilize e permita que as entidades planejem e realizem com qualidade seus projetos”.

Palestrante Allan Costa

A palestra de abertura do 5º ProEC teve como tema Inovação Disruptiva, ministrada pelo empresário especialista em Administração Allan Costa (saiba mais sobre o palestrante). Ele afirma que “o que está diferente hoje, na realidade, é a velocidade, além de vivermos uma era de excesso de estímulo, e no meio disso tudo a inovação está justamente no que é raro, por isso há casos de sucesso de empresas que proporcionam o retorno à experiência”. Para ele, a mudança pode acontecer para todos, independente do tamanho, da idade da empresa ou da especialidade da empresa. “Eu tentei compartilhar com a plateia a percepção de que a inovação necessariamente começa com a mudança do modelo mental das pessoas, da forma como a gente enxerga o mundo a nossa volta e reage a ele, e se prepara para aproveitar as oportunidades ou para encarar como ameaças. No final do dia é uma escolha, e dessa escolha depende de como aproveitamos toda essa onda de transformação que está a nossa volta”, declara o palestrante.

Em seguida os representantes das entidades conheceram como será o novo Edital de Chamamento Público, com a apresentação do coordenador da Comissão de Seleção, engenheiro Silmar Brunatto Van Der Broocke, e a nova ferramenta eletrônica para elaboração de propostas.

O presidente Ricardo Rocha afirma que “é fundamental que se aperfeiçoem os Editais de Chamamento, mas este modelo já é o melhor do país no Sistema Confea/Crea, fruto de um trabalho feito pelo Crea-PR por meio do Departamento de Relações Institucionais (DRI), assim como com contribuições de gerentes regionais e de outros setores como o Departamento de Tecnologia da Informação”. E complementa: “aprendemos este ano, em que também foi realizado o primeiro Hackathon do Crea-PR, que a inovação sempre é sensível a um certo risco, mas tenho certeza que essa nova ferramenta vai trazer muita inovação, ainda que sejam necessárias mudança, melhorando muito e facilitando a elaboração dos projetos. Além disso, a continuidade do Edital, ano após ano, vai permitir a realização de projetos muito interessantes, interação entre as entidades, além de ser alavanca no trabalho das associações, uma força motriz para que as entidades de classe do Paraná se destaquem e evoluam, mostrando sua importância para nossas profissões”, declara.

Para o coordenador do Colégio de Entidades de Classe (CDER), geógrafo Danilo Giampietro Serrano, “a palestra de abertura foi importante para mostrar não somente a questão de inovação tecnológica, mas mostrar as disrupturas, como podemos melhorar os processos, muitas vezes com ideias simples, o que está totalmente relacionado com o trabalho das entidades, que precisam de recursos, captação, treinamento, e como pudemos ver, grande parte dos presidentes e representantes estão muito interessados no assunto”. Sobre os Editais de Chamamento, “é uma forma de auxiliar a entidade a ganhar visibilidade, oferecendo cursos e treinamentos aos profissionais, e tendo assim um retorno. Pelo tempo que já está implantado, o Edital tem se mostrado benéfico a todas as partes: Conselho, entidade de classe e profissional”, diz o coordenador. “Para estar dentro do associativismo hoje as entidades têm que estar adaptadas a esse mundo de inovação e tecnologia, pois os associados buscam isso”, comenta Danilo.

Coordenadora do Colégio de Inspetores (CEDIN), eng. civ. Maria Estela Domingues

A coordenadora do Colégio de Inspetores (CEDIN), engenheira civil Maria Estela Domingues, diz que o “evento foi muito produtivo pela presença, contribuição e participação de todos os representantes das entidades de classe, e é importante essa integração das entidades e Inspetorias para melhorar o Sistema Confea/Crea, essa união é o início do crescimento para todos”.

O engenheiro civil Rafael Gustavo Mansani, presidente da AEA-PG, sentiu-se “honrado em receber e sediar este importante evento, pelo conhecimento, troca de experiência e convivência entre as entidades de classe”.

O 5º ProEC contou também com a presença e o apoio da Mútua-PR. O diretor financeiro, engenheiro mecânico Harlon Luna Ferreira, afirma que “a Mútua está sempre de portas abertas para os profissionais”, e agradeceu a parceria permanente com o Crea-PR e a AEA-PG pela disponibilidade de espaço.

Coordenador da Comissão de Monitoramento e Avaliação, eng. civ. Samir Jorge

No segundo dia, o coordenador da Comissão de Monitoramento e Avaliação, engenheiro civil Samir Jorge, além da equipe do Crea-PR apresentaram sobre o Monitoramento, andamento das prestações de contas dos Termos de Fomento e atuação dos gestores, e prestação de contas. Os representantes das entidades tiveram a oportunidade de esclarecer suas dúvidas para a elaboração, realização e prestação de contas dos projetos.

Veja aqui o álbum de fotos do evento.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Marca do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia - Confea Marca da Mútua Selo do Acesso à Informação Marca da Câmara de Mediação e Arbitragem do Crea-PR - CMA Marca do Portal de Informações SEI! Crea-PR

Marca do Programa Casa Fácil Marca da Biblioteca Virtual do Crea-PR Marca do CreaJr-PR Marca do Portal da Educação Marca do ProCrea Marca da Revista Técnico-científica do Crea-PR Marca do Sistema de Informações Geográficas do Crea-PR - SIG Marca da Ouvidoria do Crea-PR

Voltar ao topo