Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/12/dri-presta-atendimento-as-entidades-de-classe-durante-governanca-cooperativa-em-maringa/>.
Acesso em 26/02/2024 às 17h23.

DRI presta atendimento às Entidades de Classe durante Governança Cooperativa em Maringá

5 de dezembro de 2023, às 23h28 - Tempo de leitura aproximado: 9 minutos

A Governança Cooperativa de Maringá realizada na sede da Regional da cidade, aconteceu nesta terça-feira (05/12) e contou com a presença de conselheiros, colaboradores, inspetores e profissionais ligados ao Conselho. Foram realizadas reuniões do Colégio de Inspetores – CDIN, Colégio de Instituições de Ensino – CIE,  de DIN, Colégio de Entidades de Classe – CDER e Comissão Acadêmica Regional – CAR e CIE. 

Edital de Chamamento 2024: atendimento às Entidades de Classe durante as Governanças

Foi recentemente publicado o Edital de Chamamento Público para 2024. O Gerente do Departamento de Relações Institucionais do Crea-PR Claudemir Prattes e o Facilitador do Setor de Apoio às Entidades de Classe Rodolfo Grabarski têm estado disponíveis durante as Governanças Cooperativas, no período das 15 às 18h, para auxiliar na elaboração, solucionar dúvidas e realizar as orientações necessárias para a formalização das propostas e demais detalhes do Edital.

Fiscalização orientativa apresenta resultados

Na reunião do Colégio de Inspetores, o Superintendente do Crea-PR, Eng. Civ. Eng. Agr. Celso Roberto Ritter, falou sobre o importante papel desempenhado pelos inspetores eleitos. De acordo com Ritter, os inspetores cumprem a função de compreender as necessidades de sua região e levar esses assuntos às câmaras especializadas. O resultado desse trabalho se reflete em ações cada vez mais efetivas do Conselho junto aos profissionais.

Em seguida, a Gerente do Departamento de Fiscalização – Defis, Eng. Amb. Mariana Maranhão, falou sobre os resultados das fiscalizações realizadas em 2023. O resultado do trabalho realizado pelos fiscais demonstra que a fiscalização orientativa do Crea-PR tem colaborado para que infrações e processos se tornem menos recorrentes. Mariana lembrou aos presentes que o objetivo do Crea é garantir o cumprimento das normas estabelecidas para o exercício correto da profissão.

O exemplo da atuação dos fiscais paranaenses foi um dos assuntos debatidos durante o 8º Encontro Nacional de Fiscalização realizado pelo Confea e deve ser replicado nos demais Creas do Brasil.

Potencial da madeira engenheirada é tema da reunião do CDER

Durante a abertura da reunião do Colégio de Entidades de Classe, o Gerente do DRI, Claudemir Prattes, destacou a força das Entidades de Classe Paranaense. O Paraná deve encerrar o ano com mais de 100 entidades de classe e 60 representantes no Plenário do Crea-PR. “Nossas entidades têm recursos e apoio para continuarem se desenvolvendo a cada ano. Durante o PCQ nós percebemos um aumento significativo na atuação das entidades, que hoje contam com mais de 20 mil associados”, comenta o gerente.

Para Claudemir, além do trabalho que já é realizado junto às entidades, a atuação do Crea-PR nas universidades, por meio do CreaJr-PR, é fundamental para a formação de novas lideranças.

“Os estudantes que participam do CreaJr-Pr possuem muito conhecimento. Eles se formam e já sabem como emitir ARTs porque na universidade emitem os ARTs simulados. Eles também estão aprimorando suas habilidades constantemente ao participarem das palestras e cursos realizados em parceria com o Conselho. Este ano eles inclusive apresentaram uma proposta de Projeto de Lei na Assembléia Legislativa do Paraná – ALEP e esse é um grande indicativo de que serão lideranças fortes nas Entidades de Classe.”, finalizou Claudemir. 

Na sequência, Claudemir deu dicas para os representantes das Entidades de Classe melhorarem suas pontuações no Prêmio Crea de Qualidade. Entre as dicas, a captação correta de imagens, com informações que registrem o nome e data do evento. A sugestão de Claudemir é que as entidades sempre trabalhem com evidências ao trabalhar com comprovações para o PCQ.

Em relação à Agenda Parlamentar, Claudemir afirma que as ações para o próximo ano já se iniciaram e que a primeira etapa envolve o diálogo interno com representantes do Conselho. Para o próximo ano, a ideia é fortalecer o diálogo com futuros candidatos. “A estratégia para a Agenda Parlamentar deve surgir das nossas conversas com as Entidades de Classe. E no próximo ano vamos aproveitar o período eleitoral de 2024 para conversar com os candidatos e fazer análises que vão auxiliar na elaboração das propostas que serão apresentadas na ALEP”, explicou o gerente. Um ponto importante a ser destacado é que as Entidades de Classe regionais podem criar frentes parlamentares municipais para agir junto ao poder público de seus municípios.

Por fim, Claudemir falou sobre o calendário para o próximo ano. “Temos a possibilidade de usar recursos do Edital de Chamamento na elaboração de políticas públicas. As regras do edital permitem que as entidades tragam profissionais especialistas para contribuir nos projetos. Isso está contemplado pelos recursos oferecidos.”

Potencial do wood frame

O Edital de Chamamento da Itaipu, que deve disponibilizar cerca de R$ 1 bi para os municípios. Um dos projetos inclui o uso de wood frame de forma completamente inovadora em Foz do Iguaçu. O Assessor Parlamentar do Conselho, Eng. Civ. Euclésio Finatti, atuou como Coordenador da Comissão de Estudos da Norma Técnica Edificações em light wood frame pela ABNT. Essa experiência e a proximidade do Crea-PR com a indústria que produz esse material no Paraná traz mais segurança para as entidades que se interessem em realizar trabalhos com a madeira engenheirada no Estado. 

“Hoje no Brasil, só duas empresas podem produzir em escala industrial e uma delas está localizada no Paraná. É um produto altamente tecnológico que se equipara ao concreto em vários quesitos. Temos que olhar para esse assunto com um olhar social e também tecnológico.” comentou o Presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha, ao falar sobre o tema.

Ações recentes da CEAP foram discutidas durante reunião do Colegiado de Instituições de Ensino

O Professor e Coordenador da Comissão de Educação e Atribuição Profissional (CEAP) do Crea-PR, Eng. Civ. Dante Alves Medeiros Filho falou sobre as ações recentes da Comissão, entre elas a aprovação da deliberação 6/2023 da CEAP na plenária do Crea-PR. A 6/2023 define critérios para o cadastramento de cursos de pós-graduação no Crea-PR. Cursos MBA nas áreas afetas do sistema poderão ser cadastrados. Cursos cujos conteúdos sejam genéricos ou superficiais serão cadastrados, mas sem possibilitar extensão de atribuições concluintes, possibilitando apenas a anotação do curso no registro do profissional. 

Outro tema levantado foi a manifestação enviada na consulta pública aberta pelo MEC sobre a Portaria Normativa n° 11/2017 que estabelece normas para o credenciamento de instituições e a oferta de cursos superiores a distância (EAD). A Plenária do Crea-PR aprovou a manifestação proposta pela CEAP por meio da Decisão 743/2023.

Na ocasião, o Prof° Dante também abordou a importância do cadastramento dos cursos, com a ideia de melhorar o campo do ensino para todos: “A nossa experiência pregressa criou o hábito de raciocinarmos “por conteúdo”. Hoje, isso mudou, precisamos entender o perfil do egresso e pensar no projeto pedagógico de acordo com ele”.  

Portal da Educação do Crea-PR 

Os presentes conheceram mais sobre o Portal da Educação, sistema disponibilizado pelo Crea-PR para educadores. Nele, os profissionais das Instituições de Ensino podem realizar o login e aproveitar todos os recursos oferecidos como Biblioteca Virtual, Cadastro e Atualização de Cursos, Legislação, Manual de Ética, entre outros. O Portal da Educação possibilita que os coordenadores atualizem as grades curriculares junto ao Sistema, o que facilita o registro dos egressos junto ao Crea-PR.

A reunião também deu espaço a um momento de intercâmbio de experiências entre os professores presentes, que debateram temas como os desafios da sala de aula no pós-pandemia e modos de se construir uma ponte despida de mitos e solidificada entre acadêmicos e Sistema.  

Reunião da Comissão Acadêmica do CreaJr-PR nomeia nova Representante da CAR Maringá

O Gestor do programa Eng. Eletric. André Pagani falou sobre a possibilidades dos acadêmicos contribuírem com o futuro do Conselho ao qual irão pertencer, por meio da análise SWOT – técnica usada para identificar forças, oportunidades, fraquezas e ameaças com o intuito de desenvolver um plano estratégico.

Na ocasião, foi apresentada a nova Representada titular da Comissão Acadêmica Regional de Maringá: Larissa dos Santos Soares é acadêmica de Agronomia na Universidade Estadual de Maringá (UEM). Como suplente, Marcos Antônio Matiucci, que cursa Engenharia de Alimentos na mesma instituição. 

Regional de Maringá entregou certificados durante a Plenária dos Colegiados

“Muito obrigado a todos que fizeram parte da minha gestão, que participaram de colegiados, foram coordenadores ou inspetores, participaram de comitês e foram atuantes juntos às entidades de classe”, agradeceu o Presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha durante a abertura da Sessão Plenária dos colegiados.

Em sua fala, o Presidente apresentou o resultado das reformas e falou sobre o investimento de mais de R$ 12 milhões em obras que atenderam a sede e todas as inspetorias da Regional Maringá, que é a maior em área geográfica. O investimento visa melhorias nos postos de atendimento do Crea-PR. 

“Decidimos pela reforma das nossas estruturas após análises técnicas de vistoria, em especial no tocante à acessibilidade e percebemos a necessidade das mudanças. Hoje nós temos unidades adequadas para atender todos os públicos”, explicou o Presidente.

O Presidente Ricardo Rocha também apresentou o antes de depois das obras e explicou que os profissionais podem encontrar o balanço completo das reformas ao fotografar o QR Code incluído nas placas de inauguração que levam para o endereço no site do Crea com todas as informações das reformas. 

Após a entrega dos certificados, o Presidente agradeceu o trabalho dos inspetores e parabenizou as Entidades e profissionais premiados. O engenheiro civil ressaltou que essas premiações são resultado dos esforços realizados pelo Crea-PR durante sua gestão. 

“Entregamos hoje um panorama totalmente diferente em relação às Entidades de Classe agora em comparação a quando entramos. A mudança no repasse, lá no início da gestão,  exigiu que nós nos adaptássemos e hoje temos entidades fortes em todo o Paraná. Naquela época, ampliamos o período de pagamento para resgatar a saúde financeira das Entidades de Classe. Chego ao final da gestão com esse compromisso alcançado. Fico muito feliz com os resultados desse ciclo de 6 anos que estamos encerrando. E tudo isso nós só conquistamos porque adotamos um sistema de gestão participativa.”, comentou o Presidente. 

O Presidente finalizou sua fala falando sobre o processo eleitoral e parabenizou os candidatos pela campanha realizada e convidou o Presidente eleito do Crea-PR, Eng. Agr. Clodomir Ascari, para falar sobre seus planos para o Conselho. 

Clodomir falou sobre a importância da continuidade das práticas de sucesso que o Crea-PR até agora e reforçou seu compromisso com o cumprimento das propostas realizadas durante a campanha eleitoral. “Tenho conversado com o Departamento de Planejamento e já estamos definindo os nossos próximos passos e o que tenho dito é que devemos incluir cada uma das propostas que fiz durante minha campanha e que estão disponíveis no meu Instagram. Vamos trabalhar para cumprir cada uma delas e quero ouvir cada um de vocês para saber por onde começar”, garantiu Clodomir.


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *