Marca do Crea-PR para impressão
Disponível em <https://www.crea-pr.org.br/ws/2023/03/governanca-londrina-2023/>.
Acesso em 12/04/2024 às 14h28.

Engenheiros, Agrônomos, Geocientistas e estudantes debatem o Sistema em Londrina

27 de março de 2023, às 21h24 - Tempo de leitura aproximado: 7 minutos

Realizado nesta segunda-feira (27), o sexto encontro da Governança Cooperativa do Crea-PR reuniu diversos representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua em Londrina, para debater melhorias para as nossas profissões. O evento tem como um de seus objetivos aprimorar a relação entre Inspetores, Conselheiros titulares e suplentes e administração do Conselho com as Entidades de Classe, Instituições de Ensino, profissionais, empresas, órgãos públicos e sociedade.

Durante a Governança são realizadas as reuniões regionais do Colégio de Inspetores (CDIN), do Colégio de Instituições de Ensino (CIE), do Colégio de Entidades de Classe (CDER) e da Comissão Acadêmica Regional do CreaJr-PR, para definir as prioridades do ano e eleger os representantes de cada Colegiado.

Comissão Acadêmica Regional – CAR/Londrina

A reunião iniciou com a fala do gestor estadual do Programa CreaJr-PR, Eng. Eletric. André Pagani, sobre o regulamento do Programa e a importância do CreaJr para os estudantes e para o Sistema Confea/Crea. “Essas reuniões regionais são essenciais! É necessário ter um diálogo tanto regional, quanto estadual. Quanto mais alinhados estivermos, mais fortes somos. Conversem com seus colegas, com os outros cursos, outras universidades, mostrem a importância do Programa e do Sistema. Vamos juntos fortalecer essa base que faz parte do Crea-PR”, disse Pagani.

Presidente Ricardo em sua fala.

Em seguida, o presidente do Crea-PR, Eng. Civ. Ricardo Rocha, falou sobre os objetivos do Programa dentro do Planejamento Estratégico do Crea no ano de 2o23 – que tem como foco aumentar em 30% o número de registrados no CreaJr – e sobre a importância do Registro de Atividades Técnico-Acadêmicas Extracurricular (RTA). “O RTA é uma espécie de ART para os estudantes, nela são registradas as atividades desenvolvidas pelos acadêmicos ao longo de sua formação, para enriquecer o currículo”, comentou Ricardo Rocha. O presidente ressaltou também que diversos participantes do Programa, que fizeram o uso do RTA, hoje estão bem encaminhados profissionalmente. “Tanto coordenadores do Programa, quanto membros dirigentes – como vocês, tiveram suas carreiras impulsionadas após a participação no CreaJr, inclusive conseguindo oportunidades fora do país. Façam valer a pena este tempo aqui!”, concluiu o presidente.

Colégio de Instituições de Ensino – CIE

No encontro com representantes das universidades da região foi feito um balanço das atividades de 2022 e uma prospecção para 2023. A reunião teve como destaques o CreaJr, o Fórum de Docentes e Discentes de 2023 e a indicação para o Prêmio Melhores TCCs.

A coordenadora reeleita do colegiado, a Eng. Civ. Carolina Alvim, enfatizou a importância de trazer o Crea e sua importância para dentro das universidades, pois só assim ‘conseguiremos deixar o Sistema mais forte e trazer mais estudantes para o Programa CreaJr-PR’. “Temos que falar do Crea, temos que falar do Sistema, temos que falar sobre como a autarquia é importante para o estudante tanto durante seu período de discente, quanto no período pós-universidade, quando for um profissional formado. Ele precisa saber de suas responsabilidades o quanto antes”, comentou Carolina.

Eleição

Coord. Titular – Eng. Civ. Carolina Alvim

Coord. Adjunto – Eng. Eletric. Yuri Mostari

Colégio de Inspetores – CDIN

Com a presença de mais de 30 profissionais, a troca de experiências foi a base da conversa no Colégio de Inspetores. Os participantes falaram sobre ética profissional, o trabalho de fiscalização e a importância da interação entre as diferentes frentes de atuação em todas as regionais do Estado.

As ferramentas tecnológicas, instrumentos e critérios utilizados pelo DEFIS na prática de fiscalização da atividade profissional foram abordados em um painel pela gerente do Departamento, Engenheira Ambiental Mariana Maranhão. Mariana dedicou boa parte de sua apresentação para falar sobre os números do departamento no mês, o último episódio da Websérie do Crea-PR – que fala sobre a fiscalização de arborização urbana – e as mais recentes ações de fiscalização do Conselho, como a fiscalização por imagem na agronomia.

Ela reforçou também que a tecnologia de imagem por satélite tem aumentado a efetividade dos trabalhos. Ressaltou, ainda, que as formas de fiscalização utilizadas pelo Defis são a quantidade de Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) registradas pelo profissional; quantidade de empresas que o profissional é responsável técnico; profissionais com ARTs com pontuação elevada, profissionais que emitem ARTs após a fiscalização e profissionais infratores contumazes.

Para ela, os encontros de Governança enriquecem o trabalho do Defis. “Os Conselheiros e Inspetores são braços da fiscalização e os conhecimentos que eles possuem são muito importantes para nós. Esses profissionais são fontes fundamentais pois estão diariamente no mercado, e essa experiência possibilita a apresentação de sugestões que colaboram com nossos processos”, explicou.

Maranhão apresentou também o cronograma do planejamento de 2023 da Frente Parlamentar, criada sob iniciativa do Crea-PR, na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). De acordo com ela, as propostas serão validadas pelos colégios estaduais e entregues aos deputados estaduais em junho.

Revista

Durante a reunião foram entregues aos presentes o cartão da revista do Crea-PR. O produto possui um QR-Code que leva o usuário ao Portal da Revista. Nesta edição 107, um dos destaques é matéria que aborda a fiscalização mais focada e assertiva do Conselho, onde, por meio de uma parceria entre universidade e Crea-PR, resultou em Inteligência de Negócios como apoio às rotinas de fiscalização.

Eleição CDIN

O Engenheiro Ambiental e de Segurança do Trabalho, Renato Augusto Pereira, assumirá o posto de coordenador do CDIN a partir de maio deste ano. “Espero continuar o trabalho que foi iniciado pelo coordenador Gilberto Dias, que promoveu a aproximação entre fiscais e inspetores, e possibilitou melhor entendimento sobre como os processos de fiscalização funcionam”, afirmou.

Coord. Titular – Eng. Amb. Renato Augusto Lima

Coord. Adjunto – Eng. Civ. Edipo Henrique da Silva

Colégio de Entidades de Classe – CDER

13 dos 15 representantes de Entidades de Classe da região compareceram ao encontro.

Na conversa do Colégio de Entidades Regionais (CDER-PR) participaram presidentes de diferentes Entidades de Classe de Londrina e região. “Nós temos o compromisso de contribuir com o fortalecimento das Entidades por meio do Edital de Chamamento, e da política de contratação de estandes”, disse o presidente do Crea-PR ao iniciar a reunião.

Em seguida, foram apresentados o balanço de 2022 e as ações para 2023, com destaque para a Agenda Parlamentar do Crea-PR e a Frente Parlamentar em Apoio das Engenharias, Agronomia e Geociências neste ano.

“Precisamos exercitar mais nossa cidadania. Temos que nos manifestar mais, colocar novas proposições para ajudar as Entidades de Classe e nossas profissões como um todo”, enfatizou o 1º Diretor Administrativo do Crea-PR e coordenador da Frente Parlamentar do Crea, Eng. Agr. Clodomir Ascari.

Eleição CDER

Coord. Titular – Eng. Ind. Mec. Regis Landi Tambasco Glória

Coord. Adjunto – Eng. Agr. Paulo Guilherme Ribeiro adjunto

Plenária dos Colegiados

Encerrando a noite, tivemos o momento da Plenária dos Colegiados, reunião onde Inspetores, Conselheiros, representantes de Entidades de Classe e de Instituições de Ensino, profissionais e empresários da região se reuniram para debater diversos assuntos e realizar algumas assinaturas de convênios.

A Plenária começou com o presidente Ricardo falando sobre as ações do Conselho para o ano, com destaque para alguns eventos que teremos em 2023, como a segunda edição do Prêmio Engenheira Enedina Marques e o VI Seminário Internacional de Acessibilidade.

Em seguida foi o momento do Comitê Mulheres ter voz, onde a nova coordenadora regional do Comitê, Eng. Civ. Natália Stasiak, falou sobre a importância de mais mulheres participarem do Comitê e do Sistema.

Após a fala da engenheira, o gerente da Regional Londrina do Crea-PR, Eng. Eletric. Edgar Tsuzuki, deu início a solenidade de assinatura de diversos termos de cooperação dos Termos de Fomento do Crea-PR.

Com o fim deste momento solene, o assessor de Gestão de Políticas Públicas do Crea-PR, Eng. Civ. Samir Jorge, falou sobre a importância de fortalecer a representatividade das profissões na elaboração de políticas públicas nas suas cidades e da participação dos profissionais nos conselhos dos municípios.

Confira as fotos do evento em nosso Facebook.


Comentários

Nenhum comentário.

Deixe um comentário

Comentários com palavras de baixo calão ou que difamem a imagem do Conselho não serão aceitos.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *